Cinema

Agora vai: Mais assustador do que nunca, novo "IT" será gravado ainda neste verão

Nova adaptação do livro "IT" de Stephen King finalmente começará a ser filmada

Você já deve saber que, como informamos em um post há algumas semanas, a produção do novo "IT" estava se arrastando. A obra-prima de Stephen King está para receber uma nova versão cinematográfica há alguns anos, mas o risco de engavetamento do projeto era grande - divergência de ideias com diretores e cortes no orçamento do filme eram as variáveis desta quase desastrosa equação...

Antes tarde do que nunca

Conforme prometido, trazemos para vocês a atualização da situação: após uma longa espera, os fãs do mestre do terror podem finalmente comemorar! IT sairá do papel ainda em 2016. Em entrevista ao Collider, o produtor Roy Lee informou que as filmagens ocorrem ainda esse ano:
“Vamos começar a gravar no final do ano. Obtivemos um incentivo fiscal no estado da Califórnia… Gary Doberman escreveu o rascunho mais recente junto com o diretor Andy Muscetti, e estamos planejando como dois filmes”.
A direção do thriller fica por conta de Andy Muscietti, de "Mama".

Lee também adiantou que o filme terá classificação indicativa para maiores de dezoito anos, e não parece temer algum risco em relação a audiência. Vale lembrar que Deadpool, lançado há alguns dias, também possui a mesma classificação e tem quebrado recordes - um excelente desempenho, com certeza (confira nossa opinião sobre Deadpool).

Para não perder o lançamento e ainda ficar ligado nas novidades do cinema, curta nossa página no Facebook... Te manteremos informado ;)

Elias Trizotti de Mattos é fascinado por games, internet e música pop. Cursa Letras-Inglês pela UNICENTRO Paraná. Em 2012 ingressou no GeekBlast e desde então, publica novidades por aqui. Está no Facebook.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook