Séries

Game of Thrones - 6ª temporada: o que aconteceu nos primeiros episódios

Série de maior audiência da HBO volta para seu sexto ano


O terceiro episódio da sexta temporada de Game Of Thrones que foi ao ar no domingo dia 8 de maio pela HBO, dá indícios que os produtores andam lendo as especulações e teorias que rolam pela internet a respeito do personagem de Jon Snow.



*O TEXTO A SEGUIR CONTÉM SPOILERS*

S06E01 - The Red Woman (A mulher vermelha)

Logo de início tem a cena do Jon Snow voltando à vida meio desorientado. A sexta temporada teve um Season Premiere meio fraco, eles praticamente encerraram o arco de Dorne ao matar Areo Hotah e o príncipe Doran Martell. O problema do episódio é que veio muita informação para pouco tempo de tela, mostrou a Daenerys sendo levada até o Khal Moro e ela revelando que é a Khaleesi do falecido Khal Drogo, o que acaba a sentenciando à Vaes Dohtrak - o lugar onde todas as viúvas de um Khal são enviadas. Sansa e Theon fogem pela floresta e, quando ficam cercados pelos homens de Bolton, Brienne aparece e salva os dois. Tyrion passeando pelas ruas de Meereen, Arya cega mendigando em Braavos, Jaime chegando em Porto Real com Myrcella morta e nada significativamente importante, exceto o arco do Jon Snow com direito a uma cena bizarra da Melisandre no final do episódio.
Foi um primeiro epísódio meio fraco, sem muita empolgação, os produtores tentaram colocar muita coisa e muitos personagens mal aproveitados. A cena do Tyrion em Meereen e a cena da Daenerys chegando até o Khal Moro são totalmente desnecessárias, mas como são personagens queridos, acredito que os produtores quiseram inseri-los para chamar público. Talvez devessem ter explorado melhor os nortenhos, ou não tivessem matado os dornenses.
Melisandre com e sem o colar

S06E02 - Homecoming (Volta para casa)

O segundo episódio deu uma melhorada na narrativa, começaram a trabalhar melhor os arcos dos personagens. Logo no início podemos ver Bran Stark em uma Winterfell do passado onde aparece o jovem Eddard Stark, Lyanna e Hodor (cujo o nome é revelado como Willis) brincando com espadas, algo que remete ao piloto da série. Brienne conta à Sansa que viu Arya antes dela fugir. Neste episódio volta à aparecer o povo das Ilhas de Ferro, vemos Balon Greyjoy discutindo com a filha e logo em seguida caindo da ponte, nesse momento somos apresentados ao seu irmão Euron. Em Meereen, Tyrion solta as correntes dos dois dragões remanescentes Viserion e Rhaegal. Em Braavos, Arya é novamente testada, e no final da cena ela é convidada a voltar para o templo do Deus de Muitas Faces. Winterfell tem o nascimento do novo herdeiro dos Bolton o que acaba causando a ira de Ramsay que mata seu pai, sua madrasta e o recém-nascido se tornando assim, Lorde Bolton. De volta à muralha, os selvagens atacam os membros da patrulha da noite que queriam por um fim aos aliados de Jon Snow. Sor Davos pede para Melisandre ressuscitar Jon Snow e ela tenta usar sua magia que, à princípio, aparenta não conseguir, mas no final do episódio o Lorde Comandante da Patrulha da Noite revive.
A história começa a mudar, o foco em alguns arcos já são maiores e enfatizando os mais interessantes para o público, foi um episódio que valeu a pena conferir.
Tyrion libertando os dragões

S06E03 - Oathbreaker (Quebrador de promessas)

E finalmente chegamos ao terceiro episódio da sexta temporada de Game of Thrones. Jon ressuscitou, e agora? Qual caminho seguirá o personagem?
O episódio começa com um Jon desorientado após sua ressurreição, tentando entender as coisas ao redor e logo depois saindo para recepcionar seus irmãos da patrulha e os selvagens que vieram ao seu auxílio. Em Meereen, Varys interroga uma mulher para saber quem financia os Filhos da Harpia. Enquanto Tyrion tenta se aproximar mais de Missandei e Verme Cinzento através de conversa e oferecendo bebidas ao jovem casal. Nas terras além da Muralha vemos Bran em mais uma incursão ao passado na luta do jovem Eddard Stark contra Sor Arthur Dayne, o Espada da Manhã, na Torre da Alegria para salvar Lyanna. Bran se recorda que seu pai sempre se vangloriava da história de como derrotou o cavaleiro, e a verdade é mais estarrecedora. Quando Ned Stark estava para ser morto, Howland Reed, pai de Jojen e Meera, acaba matando o cavaleiro com uma lâmina atravessada na garganta. Nesta cena, Bran insiste em saber o que tem dentro da torre mas é levado de volta para o presente pelo "Corvo de Três Olhos".
Daenerys chega à Vaes Dohtrak e é levada para o Dosh Khaleen, onde será levada a um julgamento que vai decidir se ela merece estar entre eles, tendo em vista que ela adiou sua ida para Vaes Dohtrak após a morte de Khal Drogo. Enquanto isso, em Braavos, Arya treina no templo na tentativa de aguçar seus sentidos, quando começa a se aperfeiçoar, Jaqen h'ghar a leva para tomar a dádiva do Deus de muitas faces trazendo de volta sua visão.
Em Winterfell, Ramsay Bolton recebe em sua casa o Lorde Umber que tenta formar uma aliança e entrega para Ramsay Rickon Stark.
Em Porto Real, o clima é de conflito como sempre. Cersei entra na câmara onde está reunido o pequeno conselho real acompanhada de seu irmão Jaime e o seu guarda-costas Sor Gregor (a Montanha), e são rejeitados pelo conselho. Nesta parte descobrimos quem são os famosos "passarinhos" de Varys e como ele faz para arrumar as informações. O rei Tommen vai confrontar o Alto Septão este por sua vez, explica para o jovem rei o porque de sua mãe estar passando por isso.
O clímax do episódio (como na maioria das vezes) é o final e, este não poderia ser diferente. Na Muralha, Jon pune os traidores enforcando-os depois entrega o manto de Lorde Comandante e sai dizendo "minha vigília terminou".
As especulações à respeito do destino do Lorde Snow era meio que previsto. É um "Stark", e as coisas sempre dão errado para eles. Como ele foi um membro da patrulha da noite até a sua morte, nada mais o obriga a vestir o preto. Seria legal ver ele indo para Meereen montar um dragão e usar a Luminífera.
Traidores enforcados


Bom que Game of Thrones está se tornando meio previsível, isso é verdade. A volta de Jon Snow traz de novo a suposição que ele seria o Azor Ahai (Guerreiro destinado a enfrentar os caminhantes brancos), e a parte em que Ned Stark vai resgatar a Lyanna na Torre da Alegria, novamente levanta a suposição que Jon Snow seja um Targaryen, filho de Rhaegar.
Após o primeiro episódio da temporada ter sido feito para informar pouco de muitos personagens, os últimos dois parecem ter encontrado a fórmula novamente.



Fabio Camilo é bacharel em Comunicação Social com especialização em Rádio, TV e Vídeo, roteirista, poeta, viciado/apaixonado por filmes, séries e quadrinhos, cansado de esperar pela carta de Hogwarts, agora treina para ser um sith ou uma chance de ser chamado para Hollywood.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook