Séries

Dead of Summer: Jovens, acampamento e muito mistério

Voltando aos acampamentos americanos como nos anos 80, mas com o terror atual misturado aos moldes de Lost.

No dia 28/05 estreou no canal Freeform a série Dead of Summer, dos mesmos produtores executivos de Lost e Once Upon a Time, Adam Horowitz e Edward Kitsis. A série foi inspirada no filme Sexta-feira 13, mas somente inspirada, a história não tem relação nenhuma com o filme, o que temos de inspiração são os jovens, o acampamento e o mistério que ronda o local.


Dead of Summer conta a história de oito jovens que estão à caminho do acampamento Stillwater, onde serão monitores, entre eles está Amy (Elizabeth Lail de Once Upon a Time) a única novata do grupo, todos os outros já se conhecem, pois já participaram do acampamento no passado.
Chegando em Stillwater, conhecemos a nova diretora do local, Deborah Carpenter (Elizabeth Mitchell de Once Upon a Time, Lost), que foi a responsável por reabrir o acampamento que ficou fechado por cinco anos. Deb é uma das personagens mais intrigantes, ela aparenta conhecer o passado de Stillwater, tendo consigo alguns segredos macabros.


Em alguns momentos há flashbacks de Amy, onde o espectador vê o porque dela ter decidido ir ao acampamento, isso faz com que a história fique mais interessante, pois os mistérios do local (que não são poucos) se juntam aos mistérios de Amy. Em cada episódio esses flashbacks focam em um personagem diferente, o que lembra muito Lost, no qual era mostrado o passado de cada um que havia caído na ilha, e em Dead of Summer não falta personagem e nem passado para ser mostrado, afinal, todos ali guardam algum segredo.

Dead of Summer mistura as influências dos anos 80 com muito suspense, mistério e terror, o que pode acarretar numa boa história, fazendo você se prender mais e mais a cada episódio.
Paulo Nunes escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook