Mangás

Fragments of Horror, mangá de Junji Ito, será lançado pela Darkside Books

Segundo a editora, mangá de Junji Ito vai ser só primeiro de muitos mangás que serão publicados pela DarkSide



A DarkSide Books, apelidada carinhosamente pelos fãs de “Caveira”, é uma editora conhecida pelos livros de terror e fantasia, a primeira no Brasil a ser totalmente dedicada a esses gêneros. Fundada em 2012, no Rio de Janeiro, a Caveira já lançou inúmeros livros de terror, sempre procurando atender aos pedidos dos fãs. Dessa vez, também atendendo a pedidos dos fãs, a DarkSide aposta em lançar também mangás.


Segundo a página do Blog do Sr Machado no Facebook , a primeira aposta da editora no ramo de mangás é o Fragments of Horror, de Junji Ito, mestre renomado do terror japonês. Com título original de Ma no Kakera, o mangá foi publicado no Japão na revista Nemuki, entre abril de 2013 e abril de 2014. Cada capítulo conta uma história de terror, totalizando oito histórias, que são: Futon (Blanket), Mokuzou no Kai (Haunted Wood Mansion), Tomie: Akai High-neck (Tomie: Red Turtleneck), Yuruyaka na Wakare (Lingering Farewell), Kaibou-chan (Dissection Girl), Kuroi Tori (Black Bird), Nanakuse Kyokumi e Mimi Kosuru Onna (Whispering Woman).


Vale lembrar também que essa não é a primeira vez que um mangá do Junji Ito é traduzido no Brasil: em 2006, o clássico Uzumaki foi lançado em três volumes pela extinta Conrad, sob o título de "Uzumaki: a espiral do horror". Segundo o Blog do Sr Machado, podemos esperar o lançamento de Fragments of Horror para o ano que vem, 2017, e pelo renome da DarkSide em traduzir e relançar livros de terror, podemos esperar que o retorno do Junji Ito às livrarias brasileiras será maravilhosamente bem feito!

Fonte
Marcela Souto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook