CinemaSéries

Dia dos Pais - 12 pais da ficção que merecem nossa homenagem!

Feliz dia dos pais!!!


Aproveitando a data comemorativa, fizemos uma seletiva de alguns pais da ficção, para compor nossa homenagem para o Dia dos Pais.

Professor Utônio (As Meninas Super Poderosas)

Professor Utônio é um inteligente cientista, que acidentalmente criou "As Meninas Super Poderosas". No subúrbio de Townsville, o professor cria e educa Florzinha, Docinho e Lindinha, ensinando a lidar com as atividades comuns do dia a dia e com a posição de heroínas da cidade. Tudo isso com muito jogo de cintura, fazendo papel de pai e de mãe. Imagina, um cara solteiro e inexperiente que em um passo da ciência se torna pai de três meninas? Não é para qualquer um.

Professor Utônio, Docinho, Florzinha e Lindinha

Gru (Meu Malvado Favorito)

É um vilão (Meu malvado favorito) que deseja ser o vilão mais conhecido do mundo, para isso bola um super plano para roubar a lua, junto com o seus minions. Para concretizar seu plano, precisa roubar o "raio diminuidor" que está com o vilão Vetor. Para entrar na fortaleza de Vetor, Gru resolve adotar Margo, Agnes e Edith.

O que Gru não esperava, é que esse trio mudaria de uma vez a sua vida, e não no sentido que ele esperava: o maior vilão de todos os tempos, e sim como pai. Aos poucos, o malvado vai amolecendo o coração, e se envolvendo com as atividades das meninas, se tornando um pai afetuoso e priorizando as filhas, em vez de si mesmo.

Gru, Margo, Agnes e Edith

Carl Fredricksen (Up - Altas Aventuras)

Considerando a velha frase "Avô é pai duas vezes", escolhemos o Sr. Fredricksen para ocupar um lugarzinho nessa homenagem.

O Sr. Fredricksen é um viúvo ranzinza, que está prestes a perder a casa onde morou a vida inteira com sua falecida esposa Ellie. Russel é um menino de 8 anos que é escoteiro e precisa da medalha "Ajude um idoso". Quando Fredricksen executa seu plano de viajar na sua casa suportada por balões, rumo a América do Sul, eis a surpresa, Russel acaba indo junto.

Juntos viverão uma linda aventura, atrás do lugar ideal onde Ellie e Carl sempre quiseram viver. Russel acaba conquistando e trazendo a alegria de viver para Carl, que se tornou protetor do pequeno. Nasce assim, uma linda relação de avô e neto.

Sr. Fredricksen e Russel

Homer Simpson (Os Simpsons)

É o pior exemplo de pai que um filho poderia ter: preguiçoso e beberrão. Vive enforcando seu filho Bart, julgando e discordando das teorias da inteligente Lisa, e esquecendo/perdendo a pequena Maggie.

Mas sempre que precisa, Homer está ali presente à sua maneira, para defender, orientar e amar os seus rebentos.

Homer Simpson

Papai Smurf (Os Smurfs)

Papai Smurf é o mais velho dos smurfs, é o pai de todos. Com toda a sua experiência, sabedoria e magia, ajuda toda a sua prole ensinando sobre valores, o trabalho em equipe e salvando-os do perigo.

Papai Smurf

Darth Vader (Star Wars)

Uma das frases mais icônicas do universo cinematográfico e geek, é dele: Luke, eu sou seu pai!!!
Antes de ser Darth Vader, o vilão mais temido da galáxia foi Anakin Skywalker, apaixonado por Padmé Amidala, com quem teve dois filhos Leia e Luke, que não chegou a conhece-los quando nasceram. Quando Luke cresceu, a força que emanava dele atraía Darth Vader, que queria traze-lo para o lado negro da força, levando os dois a um duelo fatal, que no final, redimiu o jedi.

Darth Vader e Luke Skywalker

Chris Gardner (À procura da felicidade)

Baseado em fatos reais, e inspiração para toda família, Chris Gardner chegou ao fundo do poço, sem dinheiro, abandonado pela esposa e despejado de casa. Sua única motivação é Christopher, seu filho de 5 anos, por quem irá lutar até chegar a superfície.
Gardner entra como estagiário em uma corretora de ações, e só receberá salário se for contratado.

Ele se dedica ao extremo para ser o número um em tudo, e conseguir o contrato. Enquanto isso, tem que educar, alimentar o corpo e alma de seu filho. Fazendo acontecer dia a dia, dormindo em albergues, criando amizades e contando histórias especiais para que Christopher nunca desista de lutar pelos seus sonhos. Literalmente, Chris Gardner merece o título de Super-pai.

Gardner e Christopher

Don Vito Corleone (O Poderoso Chefão)

Don Corleone um dos chefes da máfia italiana nos Estados Unidos, é temido por mercenários e mafiosos de todo mundo, porém com sua família tem um código de lealdade, sendo amoroso e carinhoso com seus filhos, Sonny, Fredo, Michael e Connie. Uma de suas famosas frases, deixa bem claro isso.
"Um homem que não se dedica à família, jamais será um homem de verdade".

Don Corleone

Eddard "Ned" Stark (Game of Thrones)

Senhor de Winterfell e Protetor do Norte, Eddard Stark era um pai digno de destaque. Cuidou muito bem de Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon, filhos do relacionamento com Catelyn Tully. E também colocou sob seus cuidados Jon Snow, filho que tivera fora do casamento. Apesar de estar intimamente ligado com as guerras ao lado do amigo (e na época) Rei Robert Baratheon pela conquista do Trono de Ferro, Ned sempre priorizou o relacionamento com os pequenos. Em Game Of Thrones percebemos o quanto o pai é admirado e amado por todos os filhos.

Ned Stark

Jonathan Kent (Smallville)

Eu não sei você, mas se eu fosse um ET e estivesse para cair na Terra, provavelmente moraria na casa dos Kent. Jonathan Kent foi pai, protetor e amigo secreto de Clark, protegendo o Superman desde a infância. Destaque merecido como Super Pai!

Jonathan e Clark Kent

Mitchel Pritchett e Cameron Tucker (Modern Family)

Modern Family poderia ilustrar um tópico de ótimos pais. Phil Dunphy tem uma relação invejável com os filhos. Jay Pritchett é o paizão de toda família e especialmente para seu afilhado Manny. Mas o destaque da série no dia dos pais vai para o casal Mitchel Pritchett e Cameron Tucker. Os pais enfrentaram todo o preconceito e adotaram Lily, tornando-se os pais mais adoráveis e bem humorados de toda a série.

Mitchel, Cameron e a pequena Lily

Aaron Hotchner (Criminal Minds) 

Líder da Agência Comportamental do FBI, que identifica e captura serial killer pelos Estados Unidos, Aaron Hotchner tenta estar presente em todos os momentos da vida do pequeno Jack Hotchner. Como pai solteiro, Hotch (como é chamado pelos amigos da agência) se vê dividido entre uma árdua realidade violenta no trabalho e um mundo de sonhos e alegrias  ao lado do filho. Apesar de pouco explorado em Criminal Minds, é cativante ver o envolvimento e o carinho entre pai e filho.

Hotch e o pequeno Jack

Colaboração: Diego Piovesan




Polly Wannele é nordestina, arquiteta, viajante, cinéfila, leitora e viúva de Han Solo. É uma Jedi, mas todos falam que é uma Sith por ter gênio do capiroto.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook