Cinema

Critica - ARQ, o que ta acontecendo aqui?

Muita ação em novo longa produzido pela Netflix


Além de ótimas séries originais, a Netflix também aposta em filmes. ARQ é o novo titulo da empresa, liberado no dia 16 de setembro, escrito e dirigido por Tony Elliott (Orphan Black) e estrelado por Robbie Amell (The Flash) e Rachael Taylor (Jessica Jones).

Em ARQ, Renton (Robbie Amell) e Hannah (Rachel Taylor) vivem em um tempo onde as guerras em busca de fontes de energia assolaram o mundo e a população. Ambos são surpreendidos por ladrões mascarados, que estão atrás de uma nova fonte de energia experimental, que pode salvar a humanidade, porém descobrem que estão num loop temporal e precisam descobrir o que esta acontecendo ao mesmo tempo que precisam salvar o mundo.

Difícil não lembrar de No Limite do Amanhã (Edge's of Tomorrow) com o Tom Cruise, onde o protagonista esta preso em um loop temporal, que a cada vez que morre volta na manhã do mesmo dia. A diferença em ARQ é que a maquina entra em loop quando atinge um horário especifico. O filme se passa na casa/laboratório de Renton e, apesar de ser um filme curto, com apenas um ambiente ele é bem eletrizante e te prende de um jeito, que a cada loop você quer descobrir como eles vão resolver a situação.

Apesar de meio confuso, o filme tem uma boa dose de ação que o torna bem fluido e tem um final que vai te deixar com um único pensamento "como assim?

Ramon Gorge escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook