Cinema

Tapete Vermelho: Cegonhas - A História que não te contaram!

Cobertura da pré-estreia da animação Cegonhas!

Tess Amorim, Marco Luque e Klebber Toledo (por Polly Wannele)

No último sábado (17/09) fomos convidados pela Warner Bros para acompanharmos a pré-estreia de Cegonhas - A história que não te contaram (confira nossa crítica aqui), no Shopping Iguatemi em São Paulo. Com a presença dos dubladores do filme, Klebber Toledo (Junior), Marco Luque (Pombo Luke), Tess Amorim (Tulipa) e Théo Salomão (Nando).

Entrada (por Polly Wannele)
Enquanto os dubladores não chegavam, o público convidado se divertia com os cenários criados para  fotos e com os bonecos da cegonha Junior e do Pombo Luke.

Pombo Luke e a Cegonha Junior (por Polly Wannele)
Passaram por lá a pequena Maria Eduarda, filha de Henri Castelli com a mamãe Juliana Despirito, o ator mirim Mateus Jardim (Cúmplices de um resgate) e o ator Robson Nunes.

Théo Salomão e Mateus Jardim (por Polly Wannele)

ENTREVISTAS

THÉO SALOMÃO

Théo Salomão (por Polly Wannele)
Geekblast: Théo, o seu personagem procura um irmãozinho no filme porque os pais dele não dão atenção. Como é a relação com os seus pais, e se você tem irmãos ou gostaria de ter?

Théo Salomão: A relação com os meus pais é bem divertida, a gente brinca bastante. Já com o meu irmão, ele tem 19 anos,  a gente briga um pouco, mas é coisa de irmão. E sim, eu queria ter outro irmãozinho, só pra ficar cuidando e abraçando ele, é bem divertido.

KLEBBER TOLEDO 

Kebbler Toledo (por Polly Wannele)
Geekblast: Klebber, vimos o filme na quinta feira, e a sua dublagem está impressionante, uma delícia de assistir. 
É o seu primeiro filme como dublador, e gostaríamos de saber como foi essa experiencia,  sua preparação para esse tipo de trabalho na sua carreira?

Klebber Toledo: Na verdade eu não tive nenhuma grande preparação, eu já tinha feito curso de dublagem, então eu tinha uma noção e foi me jogar mesmo. 
A gente descobre o texto super em cima da hora, não tem sinopse, não tem personagem, por conta do sigilo. Foi super divertido, e mais difícil do que imaginava, é difícil colocar o tom ali, naquele movimento de boca, naquela velocidade. 
Foi sensacional, também estou muito feliz mesmo sem ter visto o filme, e pelo retorno que estou tendo do pessoal, está bem legal. Passa uma mensagem linda o filme, divertido, para a família toda, não é só para a criançada.

MARCO LUQUE

Geekblast: Você também vai estrear como dublador, no filme Mortadelo e Salaminho. As gravações foram gravadas simultaneamente? E como foi sua preparação para as dublagens, se você sentiu dificuldade, se foi um desafio?

Marco Luque: Então, primeiro eu fiz Mortadelo e Salaminho, depois eu fiz Cegonhas, foi bem próximo, no mesmo mês. E é muito legal, a gente não tem muita preparação por questão de sigilo, a gente pega mesmo o trabalho quando chega no estúdio, mas é sempre muito divertido.

Cenário (por Polly Wannele)
Dubladores (por Polly Wannele)
Essa foi nossa passagem pelo Tapete Vermelho de Cegonhas - A História que não te contaram, dia 22 de setembro nos cinemas.

Polly Wannele é nordestina, arquiteta, viajante, cinéfila, leitora e viúva de Han Solo. É uma Jedi, mas todos falam que é uma Sith por ter gênio do capiroto.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook