Livros

Crítica: Igualdade - Victor Gonçalez

Livro está disponível em formato E-book, na Amazon.


Igualdade é uma obra sem precedentes. O projeto, que nasceu de um trabalho de conclusão de curso, é uma preciosa contribuição para o mundo contemporâneo. Victor Gonçalez, de forma graciosa desmistifica todos os pré-conceitos a respeito do Feminismo, demonstrando de forma didática os motivos de esta ser uma causa tão importante em todo o mundo.


Apesar dos avanços tecnológicos, da globalização e da facilidade em que informações são transmitidas quase que instantaneamente entre dois pontos - seja a distância entre eles qual for - é de assustar que ainda há no mundo preconceitos. Seja ele de qualquer forma. Racial, orientação sexual e, claro, de gênero. Em pleno 2017 ainda há aqueles que tremem ao ouvir a palavra "Feminismo", como se a causa fosse algo repulsivo ou que pretende menosprezar os homens. Essa falta de conhecimento (e até pré-conceito) recheia a internet de comentários descabidos e preconceitos mascarados de opiniões.

É neste cenário que Igualdade ganhou forma. Na premissa de instigar os leitores a partir da primeira até a última página. Logo de cara somos apresentados a um questionário que aborda ideias contemporâneas sobre a igualdade de gênero. Nossas respostas nos acompanharão por todas as páginas e pré-conceitos impostos por uma sociedade machista são desmascarados e trabalhados. Não há julgamentos ou represálias. De forma didática o autor explica através da história de mulheres a importância do Feminismo no mundo.


O livro possui capítulos que enfocam personagens distintas. A cada um deles uma mulher é colocada em destaque. A biografia, contribuição para o Feminismo e os anseios / desejos / medos de cada uma delas mescla-se com fatos importantes para o entendimento do leitor sobre a causa e também a importância da inclusão dos homens na luta pela igualdade de gêneros, como abordado no capítulo da Embaixadora da ONU Mulheres, a atriz Emma Watson, que lidera em todo o mundo a campanha #HeForShe. “Igualdade de gêneros não apenas liberta as mulheres, mas também homens com estereótipos de gênero prescritos”, defende a atriz. Watson divide as páginas de Igualdade com outras mulheres de importância ao redor do mundo, como Maria da Penha, Cleópatra, Coco Channel e até mesmo a fictícia Mulher-Maravilha.

Igualdade é um livro indicado para todas as idades, gêneros e bagagem cultural. Seja você um grande conhecedor do Feminismo; uma das corajosas mulheres que lutam pela igualdade de gênero; ou ainda alguém que não tem conhecimento e procura conhecer melhor sobre o que realmente o Feminismo busca. O leitor pode ser ainda alguém que erroneamente acredita que a causa não tem importância. Não interessa. Qualquer um que seja o perfil que o leitor se enquadra, Igualdade somará conhecimento, respeito ao Feminismo e a divulgação de mulheres que mudaram o mundo - e, muitas vezes, não foram reconhecidas por isso.

O autor e ilustrador Victor Gonçalez
A leitura flui e quando percebemos já devoramos as 74 páginas do livro. Além da escrita leve, Gonçalez, que também é ilustrador, criou uma linguagem visual agradável e linda. Vale a pena conferir.

Por enquanto a obra não foi lançada em formato físico, mas já está à venda formato E-book pela Amazon.
Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook