Séries

Pesadelo na Cozinha: Escondidinho da Amada, Najjah e Saia do Padre

O chef mais amado do Brasil está de volta!


Erick Jacquin está mais ansioso que nunca. O chef francês responsável por grandes pérolas na edição do Master Chef Brasil está de volta às telas com um programa solo: Pesadelo na Cozinha, exibido pela Band toda quinta-feira às 22h30,


O objetivo do programa é simples: donos de restaurante por todo o Brasil inscrevem-se no site da emissora pedindo ajuda para salvar o estabelecimento. Após escolhido, um dos chefes mais amados do Brasil, Jacquin, segue até o restaurante para tentar ajudá-los. Ele é impiedoso. Jacquin, em sua melhor forma, analisa desde o comportamento dos donos, escolha do cardápio e até análise dos pratos servidos.

Após toda a análise, Jacquin auxilia os donos nas mais diversas formas: encarando dívidas, auxiliando como "psicólogo" em relações de casais e até mesmo oferecendo uma reforma completa do estabelecimento.

Nesta temporada cada episódio visita um restaurante. Neste texto inicial iremos avaliar os três primeiros programas.

1x1: Escondidinho da Amada


Amada e Fernanda prometem ser o melhor restaurante de escondidinho de São Paulo. Mas, o que o chefe Jacquin encontra ao visitar o restaurante do casal é extrema desorganização, cozinha suja e brigas intermináveis entre os donos.

Para suprir os erros, Jacquin leva o casal para terapia e exclui os escondidinhos de Amada do cardápio. "Aqui no cardápio diz que tudo aqui é feito com amor, isso aqui é amor para vocês?", questiona o chef ao provar o prato principal do restaurante, que falta tempero e sobra oleosidade.

Com empenho de Jacquin e a equipe, o restaurante volta a atender bem aos clientes, cuidam melhor do ambiente e da cozinha e promovem um novo cardápio de dar água na boca.

1x2: Najjah


No segundo episódio Jacquin visita o restaurante Najjah, situado na zona norte de São Paulo. O estabelecimento é um típico restaurante árabe. Logo de cara Jacquin é recebido por Arthur, dono do local, e recebe as críticas: "Você se veste como um motoboy, não como dono", dispara o chef. O cardápio - com riscos para troca de valores e já desgastado com o tempo - também é alvo de Jacquin.

Apesar de ser um restaurante tipicamente árabe e ter na cozinha um cozinheiro árabe, Jacquin percebe que o material que é utilizado no restaurante não é de primeira qualidade e os pratos principais: Tabule e esfiha aberta não são bem feitos.

Além dos problemas na cozinha, Jacquin ainda precisa controlar a raiva de Arthur, que sempre briga com seus funcionários e quebra as louças do restaurante.

Com muito trabalho e quase abandonando o restaurante, Jacquin consegue apaziguar os ânimos e dar uma nova cara ao Najjah, fortalecendo assim o restaurante e dando mais "tômpero" as comidas.

1x3: Saia do Padre


Jacquin briga com Itamar, um dos donos do restaurante Saia do Padre, enquanto Elaine (também dona e esposa de Itamar) observa. Após a discussão, Itamar abandona o estabelecimento, deixando o já demorado atendimento piorar pela falta de funcionários.

Neste episódio Jacquin tem a pior de suas avaliações: o problema não está na cozinha, que é bem comandada por Geo, a cozinheira. Mas sim pela má administração dos donos e a falta de experiência para conseguirem administrar o dinheiro que ganham.

Através de um novo cardápio com custo inferiores aos pratos oferecidos anteriormente e com o treinamento de Itamar e demais funcionários, o Saia do Padre começa a sair do vermelho e a conquistar mais clientes.

Os episódios do Pesadelo na Cozinha são disponibilizados pelo site da Band. Curiosamente, estes três não estão disponíveis.
Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook