Livros

Crítica: Terra Morta - Fuga, um apocalipse zumbi no interior de São Paulo

Livro Terra Morta, Um apocalipse zumbi no Brasil


A Editora Draco nos presenteou com e-book de Terra Morta - Fuga de Tiago Toy, onde é narrado um apocalipse zumbi que se inicia no interior de São Paulo. Confira a seguir a nossa crítica.


Tiago é um jovem esperto que praticava parkour em sua cidade natal, Jaboticabal. De uma hora para outra se vê no meio de uma apocalipse zumbi, típico de filmes e jogos de vídeo-game. Sozinho, tenta sair da cidade rumo à capital paulistana, e em seu caminho encontra pessoas que podem ser aliados ou inimigos.

Capa do livro Terra Morta - Fuga
Tiago Toy escreve com uma linguagem fácil, leve e engraçada. A história é fluída, sem enrolação para apresentar os fatos, o que faz você devorar cada capítulo. Parece que o livro foi retirado da imaginação de um fã: o que eu faria, quem eu seria, se eu estivesse no meio do apocalipse zumbi? Que atire a primeira pedra quem nunca se imaginou nesse cenário, que está em alta, ultimamente com as séries The Walking Dead e I Zombie.

Algo que agrada muito, é que as soluções que o personagem encontra para  sair do meio de uma horda de zumbi, são lógicas, e não algo irreal, reforçando a ideia para o leitor, de que ele está no livro.

Possível cenário para o livro
Os personagens que vão sendo inseridos, são pontos chaves para o desenrolar da história e para o objetivo final de Tiago. Em alguns faltou trabalhar a história individual, mas talvez seja apresentado no próximo livro.

É isso aí galera, querem saber como é um apocalipse zumbi no interior de São Paulo? E se Tiago conseguiu chegar em seu destino final? Não perca a leitura de Terra Morta - Fuga.

Terra Morta é uma série de três volumes:

Fuga - Vol. 1 de 2011.
Infecção - Vol. 2 de 2015.
E a coletânea, Relatos de Sobrevivência a um Apocalipse Zumbi de 2014.

Tudo começou com pequenas postagens na internet, passando pelo Orkut, chegando ao blogger. O que transformou Tiago Toy uma referência de escritor sobre o tema no Brasil.
Polly Wannele é nordestina, arquiteta, viajante, cinéfila, leitora e viúva de Han Solo. É uma Jedi, mas todos falam que é uma Sith por ter gênio do capiroto.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook