Quadrinhos

Nova fase do Capitão América no Brasil

Revista nova do Capitão América chegou nas bancas no fim de março.

Quando Steve Rogers perdeu o soro do super soldado que corria em suas veias perdeu também a sua juventude e passou seu escudo para o antigo aliado Falcão para que ele se tornasse o novo Capitão América.

Com roteiros de Nick Spencer e belíssima arte de Daniel Acuña essa nova fase do personagem apresenta uma trama bem trabalhada e é um bom pontapé inicial para quem quer começar a ler o universo Marvel.

É importante notar que se você for procurar essa revista esperando ver o herói que conheceu nos cinemas pode acabar se decepcionando, pois como foi falado antes, Steve Rogers não é o protagonista da revista, ele foi substituído por Sam Wilson, o antigo falcão, e com isso a temática das histórias mudaram.

Steve Rogers sempre foi um homem que acredita na ideia do sonho americano e defende isso, já Sam Wilson é um homem mais realista, oriundo de uma vida de dificuldades, ele enxerga que o país tem problemas e é descrente com a política. Essa personalidade gera controversa na população, boa parte não aceita ele como o "verdadeiro" Capitão América, já outras enxergam que ele é o que o país precisa. Essa divisão de opiniões entre a população é trabalhada na HQ.

Para se ter uma noção, a primeira história envolve mexicanos tentando entrar no país, um assunto muito polêmico e atual nos Estados Unidos.

Com uma gama de personagens de apoio diferentes do usual, incluindo a Misty Knight, aquela mesmo foi apresentada na série do Luke Cage da netflix, a revista é recomendada para todos que querem começar a ler quadrinhos de super heróis ou para os que querem algo diferente também, pois temos uma HQ com discussões políticas e sociais, aliadas com muita ação.
A capa da primeira edição nacional.
Contendo duas histórias e custando R$7,20 a edição 1 da nova revista mensal começou a ser publicada no fim de março.

E você, já leu a revista? Comente sua opinião sobre a obra!
João Victor escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook