Cinema

Representatividade: A Glória e a Graça está ganhando prêmios em festivais internacionais

Filme nacional com protagonista travesti está ganhando prêmios internacionais


O filme nacional A Glória e a Graça de Flávio Ramos Tambellini, que tem Carolina Ferraz como um travesti, está ganhando muitos prêmios em Festivais Internacionais.


Em maio o longa ganhou dois importantes prêmios como Melhor Filme, no Seattle Transgender Film Festival e no indiano Kashish Mumbai Internacional Queer Festival Film. E foi exibido no canadense Fairy Tales Queer Festival Film.

Tambellini informa que recebeu convites para mais quatro festivais, na Austrália, dois nos Estados Unidos, e para o grego Festival de Cinema LGBT. Ele afirma que está muito contente com toda a repercussão e o quanto é interessante e gratificante ver como esse tema universal.

Carolina Ferraz em cena de A Glória e a Graça
O longa estreou no Brasil no final de março, e conta a história da travesti bem sucedida Glória, que se vê em um drama familiar quando tem que cuidar dos sobrinhos.

Será que já temos um indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro?
Polly Wannele é nordestina, arquiteta, viajante, cinéfila, leitora e viúva de Han Solo. É uma Jedi, mas todos falam que é uma Sith por ter gênio do capiroto.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook