Mangás

Saiba mais sobre o mangá shoujo Hal, próximo lançamento da Panini

Seguir em frente nem sempre é facil, conheça Hal, novo mangá da Panini


Nesse sábado, dia 13, a Panini anunciou em sua página no Facebook a capa aberta do mangá Hal, um shoujo de volume único assinado por Umi Ayase.


Hal é um shoujo lindamente triste por tratar de luto e amor de uma maneira emocionante, num único volume de quatro capítulos. Numa época em que a presença de robôs é comum, a história gira em torno do casal Kurumi e Hal: após a morte de Hal, Kurumi entra num luto perigosamente depressivo e perde toda a vontade de viver. Sua família, com a ajuda de um cientista, opta por tentar ajudá-la com a robô terapia, transformando o robô QO1 numa versão robô de seu namorado falecido para tentar animá-la. Inicialmente, Kurumi rejeita a ideia, mas com o passar do tempo a ligação entre Kurumi e Hal robô começa a se fortificar e o passado do casal é trazido à tona.

Capa aberta da versão brasileira de Hal

Certamente, a maneira delicada como Hal trata de assuntos tão difíceis de serem levantados como a morte e o luto faz o leitor se questionar sobre muitas coisas: a inteligência artificial pode fazer alguém existir para sempre? É possível substituir alguém querido? E simular as emoções desse alguém? Esse é o melhor jeito de superar uma perda? Diante dessas questões tão difíceis de responder, Hal nos faz lembrar das pessoas que nos são queridas e desejar o bem para cada uma delas.

Hal foi publicado pela primeira vez na revista japonesa Betsuma Two, em 2013, quase simultaneamente à exibição do filme de mesmo nome que deu origem à história – o filme teve a arte assinada por Sakisaka Io, autora de Aoharaido. O mangá adapta a história do filme com mudanças mínimas e alguns toques pessoais da autora Umi Ayase. Aqui no Brasil, a Panini anunciou seu lançamento para o começo de junho.
Marcela Souto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook