Cinema

Crítica: Baywatch e de volta à Emerald Bay

Baywatch traz uma sátira da série clássica com bastante referências


Está chegando aos cinemas Baywatch, filme que recria o cenário da série homônima, chega como uma comédia com dois nomes de peso: Dwayne "The Rock" Johnson e Zac Efron. O filme estréia dia 15 de junho nos cinemas.


A história nos leva à Emerald Bay onde ninguém se destaca mais que o lendário salva-vidas Tenente Mitch Buchannon (Dwayne "The Rock" Johnson). Mitch é uma espécie de herói local e sendo o líder da equipe Baywatch, leva seu trabalho muito à sério. Tudo começa a mudar com a chegada do novo e insubordinado recruta, Matt Brody (Zac Efron), um medalhista olímpico com um ego inflado. Apesar das diferenças, os dois precisam confiar um no outro e trabalhar como uma equipe após a descoberta de uma conspiração criminosa que está trazendo drogas para a costa de Emerald Bay.
Mitch Buchannon e Matt Brody

Fabão: O filme é engraçado, me surpreendeu de uma forma boa, os caras souberam levar bem as piadas, The Rock casou bem com o Zac Efron e acaba sendo ele quem dita o filme o ritmo do filme.

Nicolas: Sim, a química da dupla me surpreendeu. A produção soube aproveitar o jeito do The Rock de fazer piadas como se estivesse apenas tirando um sarro com alguém em uma discussão. E o Efron incorporou o jeito bobão do Brody. A atuação dos dois ajudou a definir como Baywatch é um filme que tira sarro de si mesmo e da série de TV, com seus roteiros exagerados.

Fabão: Apesar dessa dupla principal, temos outra dupla de personagens secundários que em determinados momentos acabam roubando a cena que é o Ronnie (Jon Bass) e a C.J. (Kelly Rohrbach). Alí é o típico gordinho atrapalhado que em alguns momentos rouba a cena com situações hilárias.
C.J e Ronnie

Nicolas: Funcionam bem, mas tive a impressão de que foram subaproveitados. Poderiam ter aparecido mais vezes, assim como Dave (Hannibal Buress), o amigo do Ronnie, poderia ter participado um pouco mais. É um dos defeitos do filme, tem tantos personagens e focam demais no The Rock e no Efron. A Stephanie (Ilfenesh Hadera), por exemplo, tem poucos momentos.

Fabão: É verdade, todo o elenco secundário só tem alguma relevância mesmo quando tiram o The Rock de cena, assim eles têm a oportunidade de mostrar um pouco deles, que logo é cortada e levada de volta à "dupla dinâmica". Outra coisa que chama bastante atenção (algumas são sutis, outras não), são as referências do filme, são muito bem pontuadas.

Nicolas: Era óbvio que colocariam referências à série, mas não esperava por tantas. E são essas referências que mostram como o filme não é apenas uma homenagem, mas também uma sátira. David Hasselhoff (o homem, o mito, a lenda) apareceu na medida certa, mas a participação da Pamela Anderson ficou a desejar.

Fabão: Sim, eles poderiam ter dado um pouco mais de destaque para ela. O David foi muito bem apresentado no momento certo. Realmente os caras não se levam à sério, lembra do "Mitchinho". Outra coisa que deve-se destacar é a trilha sonora, eu acho que ela funciona bem com o filme, principalmente tocando o tema da série (como diria o JV, "é um clássico"). No mais é uma típica comédia norte-americana que te propõe a rir, se você consegue rir, o filme cumpriu seu papel.


Nicolas: Concordo. Algumas pessoas saíram do cinema dizendo que o filme era ruim, apesar de terem dado risada. A crítica lá fora também anda reclamando bastante. Porém, eu não esperava nada mais do que isso e me diverti muito. Diabos, até espero que façam uma continuação. É um ótimo filme pipoca, para dar risada em uma tarde de domingo. Diria que, até o momento, é o melhor filme de comédia do ano.


Concluindo, Baywatch é um bom filme de comédia com alguns erros e outros acertos.

Ficha Técnica

Nome: Baywatch - S.O.S. Malibu
Nome Original: Baywatch
Origem: EUA
Ano de produção: 2016
Lançamento: 15 de Junho de 2017
Gênero:  Comédia, Ação
Classificação: 14 anos
Direção: Seth Gordon
Elenco:  Alexandra Daddario, Amin Joseph, Angela Di Pasquo, Belinda, Brandon Larracuente, Cody Howard, David Hasselhoff, Dawn Soleri, Dwayne Johnson, Ely Feldman, Frank Tedesco, Hannibal Buress, Ilfenesh Hadera, Inder Kumar, Jack Kesy, Jackson Geach, John Archer Lundgren, Jon Bass, Kasity Koehn, Kelly Rohrbach, Kelly Róisín, Maegan Vogel, Marquice Cannady, Noel Mirabal, Priyanka Chopra, Safi, Steve Heinze, Yahya Abdul-Mateen II, Zac Efron

Fabio Camilo é bacharel em Comunicação Social com especialização em Rádio, TV e Vídeo, roteirista, poeta, viciado/apaixonado por filmes, séries e quadrinhos, cansado de esperar pela carta de Hogwarts, agora treina para ser um sith ou uma chance de ser chamado para Hollywood.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook