Cinema

Baby Groot não é o mesmo Groot!

Agora fiquei triste em saber que o Baby Groot não é Groot, e o nosso estimado amigo realmente morreu.



Todo mundo achou que Baby Groot apresentado em Guardiões da Galáxia Vol. 2 era, na verdade, o Groot ressurgido, mas a verdade é bem mais sombria.


James Gunn, diretor dos dois filmes, disse em seu perfil do Facebook que Baby Groot é um personagem completamente novo e não é, na verdade, um clone ou qualquer coisa que o valha do Groot do primeiro filme.

Quando a árvore senciente se sacrificou para salvar os seus amigos do fim, as pessoas provavelmente ficaram tristes quando a Marvel matou um personagem que todo mundo aprendeu a gostar na sua primeira aparição, mas ele deixou uma muda e esta viria a se tornar o Baby Groot, uma versão pequenininha do adorável personagem.

As pessoas então vieram a pensar que o Baby Groot, na verdade, fosse uma reincarnação do personagem, mas James Gunn veio reiterar que não, este outro personagem que aparece no segundo filme não é o Groot original, como vocês podem ver na postagem do Facebook.


"Como eu havia dito para algumas pessoas que acham que eu revivi Groot, na verdade isto não tem muito haver porque Groot está morto. Apesar de, realmente, não parecer óbvio no volume 1, é importante frizar que se você explode e uma parte do seu corpo começa a se desenvolver como um bebê, não necessariamente isto será você quando crescer.

Eu acho que isto se tornou bem óbvio no Volume 2, onde o Baby Groot tem uma personalidade bem diferente do Groot original, nenhuma de suas memórias e é muito, mas muito mais burro que o mesmo."

É, quem aqui achava que o Baby Groot era apenas uma extensão do original deve ter ficado triste como eu.

Daniel Gomes escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook