Cinema

Pokémon: Eu Escolho Você! - Nostalgico e modernizado

Longa acerta em cheio e agrada a todos os públicos.


Pokémon: Eu Escolho Você é o vigésimo filme da franquia Pokémon que comemora os também 20 anos do lançamento do anime de sucesso. Muitos podem olhar para o filme e ver como "só mais um filme de Pokémon" no meio de tantos já lançados, mas Eu Escolho Você tem um tempero especial, tem seu mérito.


O roteiro do filme toca em um vespeiro, ele tem a difícil missão de recontar as origens de Ash como treinador e de sua amizade com Pikachu, algo clássico, feito há 20 anos, e que está no imaginário de toda uma geração.

Ambientação de qualidade


Um dos pontos mais fortes e chamativos é a ambientação, somos apresentados a no mínimo uma dezena de ambientes diferentes, todos com um ótimo visual e seus Pokémon vivendo naturalmente e em variedade. Quem tiver a paciência de contar, vai ver que a variedade impressiona.

A animação está muito bem feita, de modo que não parece simplesmente um episódio do desenho passado no cinema, os desenhos possuem detalhe e tudo flui muito bem.




Origem 2.0


Vendo os primeiros episódios do antigo anime é notável o quão desatualizado tanto graficamente, quanto de enredo ele é nos dias de hoje. Tudo foi feito da melhor maneira para a época, mas a quantidade de Pokémon era outra e o universo bem menor.

O filme traz a noção de que todas as 6 gerações de Pokémon existem, e como já dito, eles estão por todos os cantos. O surgimento de personagens e treinadores de outras regiões aparece como um tempero especial, um detalhe que agrada.



Nostálgico na dose certa


Tudo foi pensado para servir tanto um público mais novo, quanto um público que acompanhou o anime décadas atrás, a trama coloca pontualmente elementos e encontros clássicos dos episódios que funcionam para quem conhece e para quem não conhece, é uma experiência em camadas.

Porém pela ausência de personagens clássicos como Brock e Misty, alguns fãs podem se frustrar e achar a experiência inferior.



Nova Dublagem


Uma surpresa para os fãs nostálgicos pode ser a dublagem, a maior parte dos personagens tem vozes novas, e isso de início incomoda, mas o trabalho de dublagem, como é de se esperar no Brasil, foi muito bem feito e acaba sendo uma questão de costume mesmo.

Conclusão


Pokémon: Eu Escolho Você é facilmente um dos filmes do Pokémon mais marcantes, ele faz o difícil papel de ser nostálgico e modernizar a franquia, de agradar a fãs antigos e novos, de suprimir dezenas de episódios em um curto filme.

Ficha Técnica


Nome: Pokémon: Eu Escolho Você!
Nome Original: Pocket Monsters the Movie: I Choose You! 
Origem: Japão
Ano de produção: 2016
Lançamento: 5 de novembro de 2017
Gênero: Fantasia, Aventura
Classificação: Livre
Direção: Kunihiko Yuyama
Elenco: Unshô Ishizuka, Rica Matsumoto, Sarah Natochenny

Murilo Henrique Sanches escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook