Séries

Stranger Things 2 - o detalhe emocionante que passou despercebido

Prepare os lenços!



Já sabemos desde a primeira temporada que Stranger Things é uma série cheia de referências e easter eggs: desde os pôsteres da segunda temporada que fazem referências aos filmes clássicos dos anos 80 até uma teoria chocante feita por um fã que foi toda construída em cima de vários easter eggs e referências da primeira temporada. Contudo, mesmo sabendo que é preciso ter um olhar atento quando se trata da série, muitos deixaram passar despercebido um detalhe emocionante da segunda temporada.



Todos já conhecemos (e amamos) o xerife Hopper. Em um flashback na primeira temporada, sua filha Sara aparece usando um prendedor de cabelo azul, como qualquer outra criança faria:



Esse prendedor se mostra significante quando vimos Sara já doente e Hopper o usando como um bracelete:


Mesmo depois que Sara já morreu, Hopper é visto com o prendedor, como nessa cena da primeira temporada em que o xerife fala no telefone com sua ex esposa, mãe de Sara:


Isso por si só já é de arrancar lágrimas, mas é ainda mais emocionante quando vemos a seguinte cena, no último episódio da segunda temporada:


Como já foi mostrado na série, Hopper de fato se tornou pai de Eleven e esse gesto tão significante de presentear Eleven com um item tão precioso para Hopper é muito emocionante. Esse mínimo detalhe, que facilmente passa despercebido, demonstra o capricho com que a série foi feita: tudo foi meticulosamente pensado – e, por isso, claro, nossa crítica só poderia ter sido a melhor possível!
Marcela Souto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook