Animes

Sana Fest | O que rolou no evento de dezembro

O Sana Fest chegou mais cedo e trouxe diversos convidados de peso, provando que o evento se fortalece a cada edição e está ouvindo os fãs.


No ultimo final de semana os fãs da cultura geek do Nordeste tiveram a chance de começar as férias com um dos maiores eventos da região.


O Sana (Super Amostra Nacional de Animes) é um dos maiores eventos de Cultura Geek das regiões Norte/Nordeste do país. O evento possui duas versões, cada uma delas ocorrendo em um dos períodos de férias. Para atrair os fãs, o Sana conta com diversos convidados (nacionais e internacionais), bandas, salas temáticas e atrações para fazer qualquer um se sentir parte de seu programa predileto.

Com um espaço tão grande e tantas coisas para se ver, não é difícil ficar indeciso com relação ao que fazer quando se visita o evento, por isso uma programação é sempre importante.

O Espaço


Aproveitando do enorme espaço proporcionado pelo Centro de Eventos do Ceará, o Sana consegue dividir bem suas áreas, de forma que a maior parte fique bem organizada, mesmo com o volume de pessoas transitando pelos três andares que compõem a área utilizada pelo evento.

Frequentadores casuais e/ou de edições antigas do evento certamente notaram algumas diferenças, entre elas a presença de um público menor, visto que normalmente o evento conta com grandes multidões, mesmo para um local tão grande, e a presença de espaços novos, como áreas com temas de séries, ótimas para garantir algumas fotos, e um camarim para cosplayers, localizado próximo ao palco de apresentações, algo bem útil para tornar mais rápido qualquer ajuste de roupa ou até mesmo a colocação da mesma para alguma apresentação.

Jason veio atrás de novas vítimas

Hora das compras


Os stands de venda. Paraíso para aqueles que buscam roupas, acessórios e até artigos inusitados de seus personagens preferidos. As bancas certamente trouxeram diversos artigos, sendo possível encontrar chaveiros, blusas com impressos, roupas de animes, acessórios, canecas e pelúcias. Porém alguns novos deram as caras: itens de kpop, dakimakuras e fanarts.

Shenlong: Kuririn de novo?

Os artigos de kpop seguiam a mesma linha dos demais: canecas, travesseiros com impressos, blusas, chaveiros,... A surpresa fica mais pelo espaço dedicado a esses produtos, provando que sim, o kpop chegou para ficar e é uma parcela importante do evento. Os dakimakuras ("travesseiros para abraçar") foram outra surpresa, pois apesar de ser um artigo relativamente conhecido pela cultura otaku, não era comum no ocidente. Para os colecionadores, também era possível conseguir os populares Funko Pop.

As fanarts foram uma adição bem interessante, pois diversos artistas foram alocados em uma espécie de corredor, onde eles poderiam expor e vender seus trabalhos, além de criar novos na hora. Essa nova empreitada não só valoriza e destaca os artistas como também oferece aos consumidores a possibilidade de obter algum artigo diferenciado e exclusivo de algum personagem.

Infelizmente, nem tudo são flores. Com a propaganda de "encontrar aquele mangá ou aquela hq que faltava para a coleção", a feira de quadrinhos deixou bastante a desejar no quesito de mangás, visto que eles se resumiam a exemplares avulsos de algumas poucas coleções que poderiam ser contadas nos dedos. Quem procurava edições de publicações mais recentes passou pelo aperto costumeiro, visto que a única loja distribuidora de mangás no evento cobra até três vezes o valor de capa, tornando o ato de comprar mangás, antes comum, algo extremamente raro atualmente.

Pegue um controle e aproveite!!


A arena de jogos sempre foi uma presença marcante no Sana, tanto por causa de seus diversos jogos como também pelas suas apresentações interessantes, trazendo desenvolvedores brasileiros para comentarem sobre sua visão do mercado de jogos eletrônicos no país.

Seguindo a tradição, o evento trouxe diversos videogames de ultima geração para que os fãs de jogos de luta pudessem se divertir em partidas amistosas e torneios. Para aqueles que não curtem o gênero, haviam áreas com diversos outros, incluindo tiro, futebol e corrida. Para aqueles que preferem algo mais old school, era possível jogar em videogames antigos e máquinas de fliperama, além da possibilidade de comprar jogos antigos e raros.

A cereja do bolo foi o famoso MOBA League of Legends, que trouxe várias equipes em um torneio acirrado com grandes prêmios, mostrando que o cenário competitivo do jogo cresce cada vez mais. Agregando um pouco mais do cenário de League, o evento trouxe o famoso streamer argentino Hastad, que comentou um pouco sobre sua vida e sobre os cenários competitivos do jogo, além de responder diversas perguntas dos fãs.

Hastad, sem rage

Os fãs pediram, eles voltaram


Quando o Sana deixou de ser um evento exclusivamente de animes para tornar-se um de Cultura Geek, muitos fãs torceram o nariz, ainda mais pela enorme presença de youtubers, que substituíam outras atrações e, muitas vezes, não tinham qualquer relação com a temática, sendo chamados apenas por serem conhecidos. Felizmente, após muitos apelos, a diretoria começou a atender os apelos dos fãs mais leais e voltou a trazer os populares dubladores. Nesta ultima edição, Guilherme Briggs e Miriam Fisher marcaram presença novamente no Centro de Eventos respondendo duvidas dos fãs, falando sobre o processo de dublagem e trazendo seu carisma e suas personificações de personagens famosos, tais como Optimus Prime (Transformers), Cosmo (Padrinhos Mágicos), Buzz Lightyear (Toy Story), Botan (Yu-Yu Hakusho), Pandora (Cavaleiros do Zodíaco - Hades) e Ahri (League of Legends).

Miriam e Guilherme, sempre alegrando o público

Tantos mundos para se visitar...


Certamente, o ápice do evento (junto com os dubladores). Nesta ultima edição, sete salas temáticas estavam à disposição dos visitantes. Os temas abordados por cada sala eram: Trading Card Game (jogos de cartas), Star Wars, Harry Potter, Kpop, Tokusatsu e Nostalgia (este ultimo tema, diferente dos demais, ocupava duas salas, cada uma com sua programação independente).

Aqueles que vieram de uma galáxia muito, muito distante não ficaram entediados na sala de Star Wars: desenhos para colorir, exibições de filmes e episódios das séries animadas, "duelos" de sabres de luz, quizzes com prêmios, e stands para a aquisição de produtos da série estavam presentes para que os fãs pudessem aproveitar ao máximo. Entre uma exibição e outra, convidados faziam palestras, trazendo visões sobre a série em geral e, em especial, o episódio VIII, lançado semana passada.

Eu ouvi BB-8???

Os que buscavam algo mágico tiveram uma experiência completa na sala de Harry Potter, com direito a sapos de chocolate, varinhas mágicas, a famosa cerveja amanteigada e a possibilidade de utilizar o chapéu seletor, além das palestras e brincadeiras. Aqueles que preferissem seguir o Lorde das Trevas, puderam tirar uma foto como um bruxo procurado de Azkaban.




A sala de kpop era um espetáculo à parte. Era quase como um mini evento: diversos stands de venda, palcos para apresentações e um público gigante.

As salas de nostalgia, tal como o nome sugere, trouxeram diversos animes antigos (e outros não), para o deleite daqueles que gostam de relembrar clássicos. Alguns títulos exibidos foram Sakura Cardcaptors, Samurai X e Fairy Tail.

A sala tokusatsu parecia humilde, mas os fãs dedicados certamente viram os grandes tesouros da sala. Diversas miniaturas de surper sentai lotavam os expositores, além dos capacetes de personagens famosos, como Jiban e Shadow Moon. Completando o ambiente, temos réplicas dos uniformes usados por Jiraya e pelo lendário Power Ranger Verde. Assim como as demais salas, a de tokusatsu possuía suas exibições, de Jiraya, intercaladas com palestras sobre a mitologia da série e de seus personagens, tudo para receber, da forma mais honrosa possível, Takumi Tsutsui, o ator que interpretou Toha Yamaji, protagonista de Jiraya O Incrível Ninja. Aqueles que marcaram presença no evento domingo puderam conhecer de perto o ator, além de bater fotos com ele.





HORA DE MORFAR!!!
O lendário Takumi Tsutsui

O que faltou e o que vem a seguir?


Imprevistos acontecem, e é preciso que o evento se comunique com o público, para que o mesmo não fique perdido, achando que chegou tarde ou que perdeu alguma atração. Em alguns momentos, houveram mudanças de horário de atrações e quando o publico era informado, acontecia em cima da hora. Os stands cumprem bem sua função, porém faltam opções para compra de mangás, pois como citado anteriormente, depender de apenas uma loja que pratica preços abusivos não agrada aos fregueses.

Um ponto que poderia ter sido melhor explorado diz respeito às datas comemorativas. Em edições anteriores, o evento contou com salas de Dragon Ball e One Piece, comemorando os aniversários destas incríveis séries, infelizmente, o mesmo não ocorreu com Yu Yu Hakusho, cuja animação completou 25 anos e uma das dubladoras brasileiras estava presente no evento. Poderiam ter feito uma sala temática, uma promoção do aniversário e um envolvimento com a convidada. Certamente seria algo enriquecedor, além de atrair ainda mais público, visto que o anime é extremamente conhecido e popular.

O Sana de dezembro/janeiro costuma servir como uma prévia da versão de julho, por isso, após cada evento, é comum especular o que o próximo trará e se ele será tão bom, ou melhor, que o anterior. Com a volta dos dubladores e cada vez mais atrações de peso e youtubers relativos ao tema, é possível visualizar um futuro brilhante, após a conturbada mudança de foco, com uma temática Geek bem ampla e os grupos coreanos como um dos principais alicerce, caso os diretores continuem analisando as críticas e ouvindo o pedido dos fãs.

Caio Gomes escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook