Cinema

Crítica: Operação Red Sparrow - quando Atômica encontra Anastasia Steele

Filme traz uma mistura de Atômica e Cinquenta Tons de Cinza




Antes de fazer uma pausa para as férias, Jennifer Lawrence repete a parceria com o diretor Francis Lawrence (Jogos Vorazes) e dá vida à bailarina russa Dominika Egorova que é induzida a tornar-se uma espiã sexy e calculista.

Neste novo longa, que estreia nesta quinta feira (1º de Março), a atriz faz uma boa atuação e exibe um sotaque até bem convincente para dar vida à primeira bailarina da companhia de balé Bolshoi que acaba sofrendo uma queda e sendo arrastada para o mundo da espionagem.




Dominika Egorova é levada pelo tio Erogov (Matthias Schoenaerts) para o mundo da espionagem, para tornar-se uma "pardal" e aprender a usar a sensualidade para obter informações de seus rivais. Sua primeira missão à leva ao agente da CIA Nate Nash (Joel Edgerton) e Dominika se vê em um jogo duplo.


Após a fase de Dominika na escola para oficiais "pardais" é que a história realmente toma fôlego e a parte mais aprofundada na espionagem inicia, contando com inúmeras reviravoltas que acabam por deixar o final mais interessante.

Jennifer e Joel, apesar das ótimas atuações, roteiro deixa a desejar

Apesar da boa atuação de Jennifer e Joel Edgerton, o roteiro é um pouco cansativo. O filme é baseado no livro homônimo escrito por Jason Matthews e pode ser comparado com Cinquenta Tons de Cinza, pelas cenas de sadismo e provocação e com Atômica, pela espionagem e oposição EUA x Rússia, não acertando na fórmula de nenhum dos dois.



O filme enfatiza constantemente a sensualidade de Dominika e, em tempos de acusações de assédio, parece contraditório colocar a protagonista nestas situações. A atriz disse que um filme com esta temática não teria a mesma recepção há cinco anos, pois não teria a mesma relevância e o diretor disse que o projeto do filme tem 3 anos e foi uma coincidência que tenha sido realizado quando tudo isso veio à tona.


O filme é uma adaptação do primeiro livro de uma trilogia e oferece espaço para uma continuação, porém o diretor disse em entrevista coletiva que primeiro irão ver a recepção do público para depois pensar em uma continuação.


Apesar das ressalvas em relação ao roteiro, o filme agrada no quesito novidade, pois não é nem um remake e nem um reboot de alguma história que não deu certo. Ao comentar este tópico o diretor deu uma leve alfinetada nos filmes de super-heróis, que vem crescendo cada vez mais em lançamentos.


Operação Red Sparrow é um filme bom com algumas cenas desnecessárias, mas uma boa história e pode surpreender.

Ficha técnica


Nome: Operação Red Sparrow
Nome Original: Red Sparrow
Origem: EUA
Ano de produção: 2018
Lançamento: 1º de Março de 2018
Gênero: Ação, suspense, Thriller
Classificação: 16 anos
Direção: Francis Lawrence
ElencoMatthias Schoenaerts, Jennifer Lawrence, Joel Edgerton, Mary-Louise Parker, Jeremy Irons, Charlotte Rampling
Lais Tigre escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook