Capitã Marvel: tudo o que sabemos sobre o filme

O primeiro filme solo de uma heroína do UCM


Com o fim da terceira fase do UCM (Universo Cinematográfico Marvel), os fãs esperam as possíveis soluções para os acontecimentos em Vingadores: Guerra Infinita e a Capitã Marvel pode ser a resposta para isto. Previsto para estrear em fevereiro de 2019 aqui no Brasil, o filme promete trazer novos vilões, aprofundar e expandir historias de personagens conhecidos das telonas.


Anunciada na SDCC de 2016 como escolhida para viver Carol Danvers/Capitã Marvel no cinema, Brie Larson (O Quarto de Jack, 2015) agradeceu o apoio dos fãs em seu perfil no Instagram (publicado abaixo). Em entrevista para o Collider, com tradução do Jovem Nerd, Larson disse que uma heroína é mais do que ser forte e durona, que as mulheres têm seus próprios conjuntos de habilidades e que “a Capitã Marvel será outro grande exemplo de explorar mais profundamente como mulheres lideram e como isso é diferente e único”.

Woke up this morning thinking about the tidal wave of support I got this weekend. It was nerve-racking to trust fall into the Internet! I know who I am, but its wild how quickly you can forget once someone calls you something terrible. I was reminded how the acceptance of community is a deeply rooted need - but I don't want to live worried people will hate me because I'm myself! We should all have the freedom to be our authentic selves without fear or judgement. It's scary to chip away at all the hardness we coat ourselves with to protect that perfect little being inside. Yeah, people can be mean, but they can also be so many other wonderful things too. Let's make this place a safe space. No hate and more understanding. To the followers that are new: welcome! Sometimes I let people take over my Instagram to share their views of the world. That's coming up next. Thanks for joining us!
A post shared by Brie (@brielarson) on
O filme contará a origem da heroína. Carol Danvers é uma pilota que recebe poderes cósmicos e habilidades sobre humanas, mas apesar desse princípio trazer possibilidades de exploração de efeitos especiais incríveis, em entrevista a Vulture, Kevin Feige (presidente da Marvel Studios) disse que além dos efeitos, o longa vai se aprofundar na personagem principal.


Contudo, a história não permanecerá somente nos conflitos internos da heroína, o vilão da Capitã Marvel, ou melhor, os vilões, serão os Skrulls. Os Skrulls são uma raça alienígena metamórfica que podem assumir a aparência de qualquer um.

Nas HQ`s, os Skrulls são responsáveis pela Invasão Secreta onde se descobre que várias pessoas da Terra, inclusive heróis, foram substituídos. Infiltrados, os Skrulls tentam controlar a Terra e dominar os humanos, mas são impedidos por outros heróis em uma grande batalha pela preservação das raças.


Tendo ou não uma adaptação de Invasão Secreta no UCM, a habilidade metamórfica dos Skrulls pode trazer precedente para uma temática de espionagem e isso pode ser um bom índice para a aproximação da S.H.I.E.L.D. com a Capitã Marvel.

O filme se passa em algum momento da década de 90 e outros personagens do UCM já foram confirmados. Samuel L. Jackson, que interpreta Nick Fury, apareceu em fotos no set de filmagem sem o tapa-olho mostrando que os acontecimentos podem explicar algumas coisas do passado do personagem e da S.H.I.E.L.D.. Além de Fury, outros agentes estarão no longa, como o Agente Coulson, interpretado por Clarg Gregg.


Em entrevista para a Entertainment Weekly, com tradução do Jovem Nerd, Clarg Gregg revela que o filme se passa dez anos antes do primeiro Homem de Ferro.
“Então veremos uma versão de Coulson que está dez anos antes dos acontecimentos de Homem de Ferro. Ele ainda é um novo agente na S.H.I.E.L.D e está bem novo. É a versão mais jovem que já vimos dele, então quando ele diz: “Essa não é a minha primeira missão, Sr. Stark”. Eu suponho que ele esteja falando dessa”.

A primeira polêmica sobre o filme foi o uniforme da heroína. Com fotos do set de filmagens divulgadas, Brie Larson aparece com o uniforme da Capitã Marvel, mas onde deveria ser vermelho, como são nas HQ`s, a cor é verde; isso causou controvérsia entre os fãs. Em entrevista para a Vulture, Kevin Feige explicou que fotos vazadas por paparazzi são inevitáveis e então eles divulgam fotos e artes com cores diferentes, mas mesmo assim as pessoas descobrem o contexto em que foram tiradas.


O maior indicio que pode causar uma reviravolta nos acontecimentos de Vingadores: Guerra Infinita é que a Capitã Marvel terá ligação com o universo quântico apresentado em Homem Formiga. Essa informação é do Dr. Spiros Michalakis que em entrevista para o site Inverse (com tradução do Jovem Nerd) revelou que o universo quântico pode se revelar de varias maneiras em todo o UCM.

Não sendo muito explorado no primeiro filme do Homem Formiga, o universo quântico tem sido alvo de várias teorias entre fãs sobre uma possível revanche contra Thanos. Que surpresas o universo quântico pode revelar? Os poderes da Capitã Marvel podem trazer vantagem sobre Thanos? Estas perguntas só poderão ser respondidas em Vingadores 4.

Capitã Marvel conta com roteiro de Geneva Robertson (Tomb Raider: A Origem) e a direção de Anna Boden e Ryan Fleck, com estreia prevista para 28 de fevereiro de 2019 aqui no Brasil.

Albert Hipolito escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook