Livros

Lançamento do Livro Meu Doce Azar - Sorte no Trabalho, Azar no Amor?

Conheça Alice, mulher, engenheira e azarada. Meu Doce Azar é o novo livro de Beatriz Cortes.


No sábado 05 de maio, o Geekblast participou do lançamento do livro Meu Doce Azar da jovem escritora Beatriz Cortes em São Paulo.


O evento aconteceu na Fnac Pinheiros, em um bate-papo bem descontraído, mediado pela também escritora Mari Scotti.

Beatriz Cortes tem 23 anos, é do interior do Rio de Janeiro, escreve desde os 13 anos e é formada em Psicologia.
Meu Doce Azar é o seu quarto livro, sendo lançado primeiro na plataforma Wattpad, onde atingiu mais de 250 mil leituras.

Meu Doce Azar, conta a história de Alice, uma engenheira bem sucedida e azarada. Descobre que foi traída, e com isso determina um novo caminho, define novas escolhas e encontra um ruivo pra lá de charmoso, o Ed Sheeran brasileiro. Todos esse ingredientes misturados arrancará várias risadas, com uma boa pitada de empoderamento feminino.

Meu Doce Azar
Bia (olha a intimidade...rs) contou sobre sua aventura em escrever seu primeiro livro comédia romântica, vivenciada na capital paulista.

Um dos sonhos de Beatriz é morar em São Paulo, e para escrever o livro, visitou a maioria dos lugares para que a história ficasse o mais real possível. Nos contou também sobre sua "paixonite" por pessoas ruivas e sobre o seu grande ídolo Ed Sheeran. Sobre o azar de Alice? Tem um pouco de Beatriz, afinal, pra quem fraturou a costela Tossindo, a vida não é fácil não é mesmo?rs

Bia é gente como a gente, contou sobre a família, vida profissional, sonhos... Ela acredita que todos  devem ser respeitados pelas suas escolhas, indiferente de qual ela for.

Beatriz Cortes e Mari Scotti
Geekblast: "Você já se arriscou com um novo gênero ao escrever um livro de comédia romântica. Você  já pensou em escrever algum romance gay?"

Beatriz Cortes: "Para escrever algo de que desconheço ou não vivo como, gosto de estudar, preciso de tempo. Quando escrevi "Aonde quer que eu vá" passei muito tempo estudando sobre esporte, ginástica e mesmo assim, acho que faltou coisas. Hoje estou fazendo pós, trabalhando e escrevendo, então não é o momento, mas futuramente, por que não?"

Para escrever, Bia pensa no tema, depois no personagem e inicia já sabendo do final. Com Meu Doce Azar, ela complementou o livro de acordo com o que os seus seguidores ia comentando.

Beatriz, potterhead assumida, nunca pensou em escrever uma série de livros, mas com o decorrer, Meu Doce Azar ficou longo e acabou sendo dividido em duas partes.

Minha Amarga Sorte já está pronto, apenas em processo de finalização de arte, edição... Ou seja, não iremos sofrer para saber o desfecho de Alice.

E aí? Não vá perder uma história moderna, engraçada e brasuca. Meu Doce Azar já está disponível por apenas R$ 39,90 reais.

Polly Wannele é nordestina, arquiteta, viajante, cinéfila, leitora e viúva de Han Solo. É uma Jedi, mas todos falam que é uma Sith por ter gênio do capiroto.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook