Cinema

Joseph Gordon-Levitt admite que Tom estava errado em 500 Dias Com Ela

Em tweet, Joseph fala que Tom era egoísta e que quase tudo foi culpa do protagonista



500 Dias Com Ela já entrega nos primeiros minutos do filme que não, ele não é um filme de amor. Ao longo do filme, acompanhamos o protagonista Tom, o típico cara legal e tímido, enquanto ele se apaixona e se decepciona com Summer, uma moça irreverente que compartilhava muitos dos seus gostos peculiares, mas que não estava muito a fim de um relacionamento sério naquele momento de sua vida. Como o filme é visto sob a ótica de Tom, houve quem achou que Summer fosse egoísta, já que é assim que ele a via. Também houve quem achasse quem Tom fosse egoísta. Desde o lançamento do filme, essa polêmica ainda tem rendido muitas discussões e finalmente Joseph Gordon-Levitt, que dá vida ao protagonista do filme, se pronunciou sobre o caso em um tweet afirmando que quem era egoísta, afinal, era mesmo o Tom.




Em resposta ao tweet de um fã comentando que "ainda não perdoou Zooey Deschanel (a atriz que faz a Summer) pelo que ela fez para o Joseph Gordon-Levitt em 500 Dias Com Ela", Joseph disse ao fã que "assista [ao filme] de novo, é quase tudo culpa do Tom, ele está se projetando, ele não a escuta, ele é egoísta; felizmente, ele amadurece no final" (em tradução livre). Vindo do ator que fez o protagonista do filme, acho que finalmente podemos admitir que só há um lado correto nessa polêmica e é o da Summer.

Marcela Souto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook