Marvel tenta fazer Disney recontratar James Gunn

Será que o diretor voltará para o terceiro filme de Guardiões da Galáxia?



Pelo visto, a polêmica envolvendo os tweets antigos de James Gunn ainda tem muito o que render. Essa polêmica teve início com a demissão de Gunn, como punição por tweets polêmicos publicados uma década atrás (saiba mais). De acordo com declarações oficiais da Disney, a empresa adota uma política de tolerância zero com esse tipo de ato, por isso, ainda que Gunn tenha dito que é um homem diferente do que era quando tweetou as declarações que lhe renderam a perda do cargo de diretor da franquia de Guardiões da Galáxia, a Disney ainda se manteve firme em sua decisão de não recontratá-lo, ainda que Gunn tenha sido publicamente defendido por personalidades como Dave Bautista, que faz o papel de Drax nos filmes, e Jim Starlin, criador do Thanos nos quadrinhos (leia mais sobre o caso aqui).


Apesar da defesa de Starlin e Bautista, e do apelo dos fãs e de outros membros do elenco, até então todos tivemos que nos conformar em não ter sua direção no próximo filme da franquia - Gunn, inclusive, já se pronunciou publicamente, dizendo que entende o motivo pelo qual foi demitido. Mas aparentemente o diretor talvez retorne para o terceiro filme da franquia. Segundo o site Deadline, a Marvel Studios estaria mantendo conversas nos bastidores com a Disney, numa tentativa de conseguir a recontratação de Gunn diante de todo o apoio que o elenco mostrou em relação a ele. Contudo, por enquanto ainda não há nenhuma confirmação.

Toda esse polêmica envolvendo Gunn começou após o ressurgimento de seus tweets de uma década atrás, fazendo piadas pesadas com temas delicados como estupro e pedofilia. Ainda que algumas pessoas tenham dado razão à Disney, muitos fãs e membros do elenco da franquia se revoltaram ao descobrir que o "ressurgimento" desses tweets ofensivos teve dedo dos Alt-Right, membros da extrema-direita americana. De acordo com o Deadline, os Alt-Right tinham o objetivo de desbancar Gunn porque o diretor é um crítico ao governo Trump.

Marcela Souto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook