Cinema

Crítica: Filme - As leis da Termodinâmica, quando a física se aplica as relações interpessoais

As leis da termodinâmica comédia romântica espanhola estrelada por Vito Sanz e Berta Vázquez tenta mostrar que os relacionamentos são regidos pela física



Toda sexta-feira acordo e abro o aplicativo da Netflix, ansiosa para descobrir as recomendações da semana. Dependendo do caso abro o aplicativo meia noite e um para começar a minha maratona. Numa dessas sextas-feiras apareceu o filme As leis da termodinâmica. Que até o momento nunca tinha ouvido falar, então bora descobrir do que se trata.


Na história, um físico usa as leis da termodinâmica para descrever o amor e os relacionamentos românticos. O problema é que sua vida amora contradiz toda a teoria. – Sinopse retirada da Netflix

As leis da termodinâmica é um filme espanhol, então é preciso se preparar para o estilo europeu de contar histórias. As narrativas são mais lentas, vi muita gente reclamando do personagem Manel dizendo que era sem graça, essa era a intenção, faz parte da história, se ele fosse esperto a dinâmica da narrativa não faria sentido.



O filme mistura ficção com realidade, para contar a história de amor entre uma modelo (Berta Vázquez) é um físico (Vito Sanz), que acredita que as leis da física regem as vidas das pessoas. O tema central é o choque entre personalidades tão diferentes. Mostrando o conflito entre a perspectiva de uma pessoa de humanas e uma de exatas. Ou seja, uma pessoa que acredita que a vida é uma equação matemática, e outra que vive para ser feliz.

Gostei de como o filme explorou o abismo que separa as duas filosofias de vida, apesar de tentar fazer o relacionamento dar certo ambos patinam no estilo de vida tão diferente. No caso de Manel a insistência em provar que a sua teoria fazia sentido foi o que provocou a instabilidade da relação. Já Elena não entendia o porquê Manel não acreditava em seu amor.



Em contraponto ao casal de protagonistas temos o melhor amigo de Manel. Pablo (Chino Darín) é considerado um cara normal de humanas, ele é publicitário, que namora uma mulher normal, também de humanas, uma advogada. Mas, nesse caso temos alguém que vive para curtir a vida e uma que deseja constituir família. Mais um casal que tem tudo para dar errado, contudo não é isso o que acontece. Pois até o cara de humanas percebe que a vida louca tem prazo de validade. Enquanto isso nosso amigo de exatas ainda está tentando provar a sua teoria.

Confesso que torci para que tudo desse certo entre o casal Elena e Manel, pois eles pareciam tão felizes juntos. Até chegar ao final do filme, um final que conseguiu me surpreender, e olha que faz tempo que isso não acontece. Por isso recomendo esse filme. Todavia, se você está acostumado com a narrativa americana que é mais ágil e não tem paciência para tutoriais sobre a criação do Universo nem tente.


Ficha Técnica


Título: As Leis da Termodinâmica
Título original: Las Leyes de la Termodinâmica
País: Espanha
Data de estréia: 31 de agosto de 2018 na Netflix
Gênero: Comédia, Comédia Romântica, Filme estrangeiro
Classificação: 14 anos
Duração: 100 minutos
Direção: Mateo Gil
Elenco: Vito Sanz, Berta Vázquez, Chino Darín, Vicky Luengo e Irene Escobar.
Karina E. da Costa escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook