CinemaLivros

A Coisa não tá fácil pra ninguém: Novo "IT" pode não chegar em 2016

Problemas e reviravoltas na fase de pré-produção continuam adiando a chegada do novo filme

“IT” é um dos mais famosos e aclamados livros do mestre do terror, Stephen King. Trata-se de um sucesso de crítica, sendo responsável pelas melhores avaliações dentre as obras do escritor. Além disso, é bem provável que se você viveu nos anos 90, tenha tido alguns pesadelos após assistir a adaptação para a TV. A minissérie de 1990 (compactada e adaptada em formato de filme para o Brasil como “It, uma obra-prima do medo”), entre outros feitos, consagrou a atuação de Tim Curry como Pennywise e se tornou um marco na história das séries/filmes do gênero. Assim como o livro, o filme conta a história de dois encontros entre a Coisa e um grupo de amigos - primeiro como crianças e depois como adultos, revivendo seus piores medos.“IT, uma obra prima do medo”, em sua primeira versão, teve muitos cortes e adaptações, principalmente nas partes repletas de muito gore e assuntos polêmicos demais para serem exibidos na televisão americana naquela época. Mas desta vez, na nova filmagem, o foco é outro.

Após a confirmação do novo filme no início deste ano, em entrevista à Entertainment Weekly, Seth Grahame-Smith (produtor e roteirista) levou fãs à loucura quando adiantou um pouco do que poderá ser conferido no novo thriller:
“Eu acho que se há alguma coisa que [o novo filme] vai trazer é um pouco da violência do livro, que eles não puderam colocar na minissérie original, já que foi transmitida na TV. Acho que será mais assustador. E também temos Cary Fukunaga dirigindo essas crianças – ele é incrível na parte de tom e atmosfera. Uma das coisas que eu gostaria de fazer era uma boa adaptação de King. Como sabemos, há um grande número de adaptações de King que são clássicas. Algumas são boas, algumas preferimos esquecer.”
Desde 2012, informações oficiais adiantavam que em breve teríamos uma nova jornada em Derry, com seu esgoto pronto para liberar a Coisa.  No entanto, problemas na fase de pré-produção estão atrasando a chegada de Pennywise aos cinemas. Fãs do macabro palhaço tiveram um 2015 de altos e baixos, unhas roídas e muita tensão quando o assunto em questão era a nova versão para os cinemas: um balde de água fria veio em maio, quando o diretor Cary Fukunaga abandonou a produção. Em agosto, também em entrevista à EW, Fukunaga explicou sua decisão:
“Nunca é fácil. Chase Palmer e eu estavamos trabalhando no roteiro fazia 3 anos. Colocamos várias experiências de nossa infância na história. [...] Em sua última análise, a New Line e nós concordamos que queríamos filmes diferentes. É como um relacionamento: você pode tentar fazer o que a outra pessoa quer que você faça, mas você não vai mudar. Apenas finge ser outra coisa”.
O cineasta teve conflitos com a New Line, pois esta promoveu cortes de orçamento e decidiu fazer um único filme - a ideia original era dividir a trama em dois. É compreensível a preocupação de Fukunaga, pois o livro é realmente extenso, e, mesmo a minissérie original - depois de compactada - totaliza mais de três horas. Além disso, houve divergências quanto às locações da filmagem e até mesmo com a escolha do novo Pennywise, que seria vivido por Will Poulter (“Maze Runner: Correr ou Morrer”, “Família do Bagulho”) - a escolha não teria tido a aprovação dos produtores, que buscavam um ator com mais nome no mercado. O receio da New Line e os ajustes no orçamento podem ter sido adotados devido ao mediano desempenho de “Poltergeist”, que por coincidência, trazia um palhaço assustador em sua divulgação.

Após a saída de Fukunaga, a possibilidade de o filme ser engavetado foi cogitada. Stephen King inclusive publicou um tweet dizendo que mesmo que o remake fosse cancelado, “sempre teremos Tim Curry, que ainda está nos esgotos de Derry”. 
Felizmente, no segundo semestre de 2015, um novo diretor foi escolhido para levar o projeto adiante: Andy Muschietti, o responsável pela direção do terror “Mama” (2013).

Antes previsto para 2016, “IT” ainda não tem data para início das filmagens ou estreia nos cinemas. Torçamos para que um filme tão bom quanto o original faça jus a esta obra épica de Stephen King.
Para despertar sua curiosidade, caso você ainda não conheça a história da "Coisa", ou mesmo para relembrar, confira o trailer da produção original:

Siga o Geekblast em sua rede social favorita e acompanhe o desenrolar da fase de produção e (quem sabe) a estreia do novo “A Coisa”. Prometemos te manter avisado!
Elias Trizotti de Mattos é fascinado por games, internet e música pop. Cursa Letras-Inglês pela UNICENTRO Paraná. Em 2012 ingressou no GeekBlast e desde então, publica novidades por aqui. Está no Facebook.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook