Quadrinhos

Cinco vezes que heróis tiveram que se enfrentar

Quando nossos heróis tem que enfrentar outros heróis, de que lado devemos ficar? Conheça 5 batalhas onde os dois lados eram composto pelos mocinhos.


2016 trouxe aos cinemas duas batalhas épicas onde os dois lados eram compostos por heróis. Fazendo nascer em nós a semente da rivalidade, onde os filmes foram vistos como: meu herói preferido contra o seu. Mas esse embate entre os mocinhos não é novidade nos quadrinhos. Separamos uma lista com cinco momentos onde as batalhas foram travadas entre os mocinhos.

5 - Hulk contra o Mundo


Após ter sido exilado em um planeta distante chamado Sakaar, pelos Illuminati (grupo secreto formado por Doutor Estranho, Senhor Fantástico, Homem de Ferro, Raio Negro rei dos Inumanos, Namor e Professor Xavier). Hulk se torna um herói daquele povo, onde é conhecido por Cicatriz Verde e logo é aclamado como rei, e até chega a se casar com Caiera (guerreira que a principio deveria mata-lo). Porém, quando tudo estava tranquilo e todos eram felizes, a nave onde Hulk fora colocado,acaba explodindo e destruindo o planeta e matando sua esposa que estava gravida. Assim, temos um Golias Esmeralda, inteligente e ainda mais dominado pela fúria, a caminho de Terra em busca de vingança.

Como a força de Hulk esta diretamente ligado a sua raiva, imagina o estrago que ele pode fazer estando totalmente dominado pela ira e com sede de vingança. Essa é exatamente a graça desse arco, ver o Hulk arrebentando com os maiores heróis da casa das idéias.

4 - Vingadores vs X-men


Essa mega saga, se passa logo após o arco de Dinastia M, onde a Feiticeira Escarlate praticamente dizimou o gene X da face da terra. No entanto, o conflito aqui gira em torno de Esperança, tudo porque a entidade cosmica conhecida como Fênix (que também possuiu Jean Grey) tende a usar Esperança como nova hospedeira. Com essa catástrofe anunciada, de um lado temos Capitão América, liderando os Vingadores, querendo esconder a jovem mutante desse poder destruidor. Do outro temos os X-Men sendo liderados por Ciclope, que pretende entregar Esperança para a entidade, afim de tentar restaurar a raça mutante.

Essa mega saga, foi o ponto de partida para o reboot de alguns personagens, chamado de Marvel Now! Porém não houve grandes mudanças no destino dos personagens da casa das idéias.

3 - Reino do Amanhã


Em Reino do Amanhã, a história se passa em um futuro onde os maiores heróis estão aposentados. Aposentadoria essa, marcada pelo descrédito dos civis, que se viram melhores representados por novos heróis que não tinham problema em tirar a vida dos mal feitores. Com o passar do tempo os novos heróis acabam com os vilões, e o que mais jovens poderosos e entediados poderiam fazer? Sem objetivos, eles passam a digladiar entre si em busca de poder e auto aceitação. E em meio ao caos e destruição trazido por aqueles que juraram proteger, somos apresentados a Norman McCoy, um civil que narra a trama de seu ponto de vista.


Reino do Amanhã não é marcada por grandes cenas de lutas entre heróis, embora elas estejam presentes, e sim conflitos "humanos" vividos por super-seres. A trindade deve se reorganizar novamente e tentar salvar uma última vez a terra. Mas antes disso precisam confrontar seus conflitos pessoais. Aqui vemos um Superman exilado em sua fazenda, incapaz de se impor como líder e tomar a rédia da situação, além de não reconhecer sua importância como herói.


Outra característica marcante, nesse clássico escrito por Mark Waid é a arte incrível feita pelo gênio Alex Ross, fazendo de Reino do Amanhã um obra indispensável em qualquer coleção

2 - Injustiça: Deuses entre nós


Esse arco foi baseado no jogo lançado pela NetherRealm Studios (mesma produtora de Mortal Kombat). E conta a história que levaram aos fatos do jogo. Tudo começa com um plano completamente insano e maligno de coringa para provocar o Superman. Claramente dominado pela fúria, Superman faz o que Batman deveria ter feito a anos, matar o Coringa. Motivado por um senso de justiça deturpado, Superman percebe que é o ser mais poderoso da Terra, e decide usar desse poder para iniciar seu reinado como tirano mundial.


Claro que essa insanidade não agradou o Batman, assim temos o início de uma batalha entre os heróis da DC. De um lado Superman querendo criar um reinado de paz, usando métodos não muito heroicos. De outro temos Batman que logo percebe que o Krypitoniano não está completamente são. Ambos recrutam membros da Liga para cumprir seus objetivos, e ai se instaura uma série de lutas entre os maiores heróis do universo.

1 - Marvel vs DC


Com tantos heróis em jogo, claro que a a ideia de haver um crossover entre as duas maiores editoras era, algo almejado. A principio os crossovers ocorreram em forma de easter eggs, onde os personagens, na verdade eram figurantes vestidos dos heróis da editora concorrentes. Em Justice League of America # 103, um vilão chamado Félix Fausto dominou a mente desses fantasiados, lhes concedendo super poderes, assim Hulk, Thor e Capitão América enfrentaram a Liga da Justiça.

Até que em 1976 o verdadeiro crossover aconteceu. Intitulada "A Batalha do Século" a revista trazia o primeiro, e histórico, confronto entre Super Homem e Homem Aranha. Os personagens se encontram em uma conferência em Nova York, onde Peter Parker e Clark Kent estão, ambos com suas namoradas, até que para a perplexidade de todos, surge um Lex Luthor, vestido de Super Homem e sequestra Lois Lane e Mary Jane. Ambos correm para se transformarem em heróis e salvarem seus respectivos amores, até que entre os arranha-céus eles se encontram. Como o aracnídeo estava esquentadinho, já foi logo acusando Super de ter sequestrado sua garota, e começa uma luta entre duas lendas. Claro que o cabeça de teia não teria a minima chance contra o homem de aço, mas toda essa tramoia foi arquitetada por seus respectivos arqui-inimigos - que se conheceram na cadeia - Lex Luthor e Dr. Octopus. Luthor sendo conhecedor de algumas fraquezas do super, criou uma arma que dispara raios de sol vermelho, que o deixam vulnerável, assim ele dispara esse raio contra o aranha, deixando a luta equilibrada. Como são mocinhos não levam muito tempo para descobrir que algo esta errado e tomarem as rédeas da situação e salvarem o dia. 


Essa historia não fez parte de nenhuma linha cronológica dos nossos heróis, mas foi a pioneira e abriu precedentes para outros crossovers entre as editoras inclusive gerando um segundo crossover entre Super Homem e Homem Aranha.
Ramon Gorge escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook