Cinema

Critica: Kong: A Ilha da Caveira - Todos saúdam o Rei

Diretor de Godzilla traz uma nova visão do Rei Gorila

O rei dos gorilas esta de volta ao cinema, dessa vez com uma roupagem diferente mais com a mesma selvageria dos outros filme. Jordan Vogt-Roberts (Godzilla) o diretor trouxe uma nova cara para o Kong, para quem conhece os filmes antigos e até mesmo o que foi dirigido por Peter Jackson(Trilogia O Senhor dos Anéis) vai estranhar um pouco como a historia é apresentada.



Na historia desse novo filme um grupo de cientistas, militares e exploradores vai ate a ilha da caveira para conhece-la e estuda-la, mais são surpreendidos por monstros gigantes. Entres eles Kong um Gorila colossal que apavora todos em seu caminho

OS HUMANOS


Os humanos são um ponto chave no filme pois apesar de se chamar Kong eles que mais aparecem na história. Algumas coisas não são perfeitas, como a relação ente os personagens Capitão James Conrad e Mason Weaver (Tom Hiddleston e Brie Larson) que você até imagina terem uma relação amorosa tendo essa ideia várias vezes substituída por uma relação de amizade. Isso até por um lado é bom mas deixa a sensação que o roteiro estava indeciso. Não vá ao filme esperando uma donzela em perigo como nos anteriores, Brie Larson entrega uma personagem bem diferente e bem segura. já Tom busca uma atuação mais segura e bem menos teatral como estamos acostumados a ver, me arrisco em dizer que ele faz quase um 007.
Tom Hiddleston como Capitão James Conrad e Brie Larson como Mason Weaver

No elenco também temos Samuel L. Jackson como um militar  e um dos principais do filme  que tem as suas motivações, mesmo que às vezes falhem, são bem legais. Toby Kebbell interpretando um Major desse grupo de militares que até foi bem construído junto com os personagens de Jason Mitchell e Shea Whigham os três conseguem te envolver mais com o filme junto com seus companheiros.
   
O grupo de militares

John C. Reilly o novo Walter E. Kurtz? 

Sem duvida o personagem de John C. Reilly é o melhor do filme pois ele sim te faz ri e se importar com sua historia e tem um humor que faz uma crescente durante o filme. Atuação impecável como um bom ator de comedia ele repete sua boa forma nesse papeç. O longa tem uma grande inspiração em Apocalypse Now e John seria uma especie de Marlon Brando só que na versão de  Jordan Vogt-Roberts.

OS MONSTROS

Uma das coisas mais legais do filme sem duvida são os monstros que são todos gigantes e ferozes, sim também temos alguns bem mansos mais sempre os ferozes são muito mais legais. Na história temos um novo monstro que seria como um antagonista do filme pois ele tenta tirar o reinado de Kong. Seu nome não é definido mas a semelhança a alguns lagartos te motiva a criar alguns. As lutas desse são bem rápidas  e não te deixa curtir aquela "vibe" de criança e se divertir com o que está vendo.
Imagina um estouro de manada desse tamanho

Direção


A direção de Jordan Vogt-Roberts é bem ousada e tem pontos bons e ruins. As vezes tentar inovar em um gênero é arriscado e Kong: A ilha da Caveira prova isso, ele tenta fazer um filme jovem com aspecto antigo, porque realmente as vezes parecia um filme feito nos anos 70, mas com aquela pegada jovem que, às vezes, deixa meio forçado. O roteiro não te deixa muito animado pois não tem aquela preparação por exemplo de quando o Kong vai entrar ele simplesmente entra e sai da tela e você não fica surpreso, nem nas horas que seria de susto fica muito convincente. A edição também não  ajuda muito pois as vezes se pergunta como aquilo foi parar ali. Em alguns aspectos o filme é muito bom como ambientação e arte como disse as vezes parece que é um filme feito nos anos 70.

Conclusão

O filme e bem divertido até e simplesmente te deixa feliz por ver um novo filme do King Kong que precisamos ter logo . No filme inteiro você percebe que tem algo muito maior em volta desse filme que a historia vai muito mais longe. alguns problemas sim incomodam mais acho que as escolha de um diretor mais experiente podia ter resolvido pois queremos bons filmes que não te deixam nenhuma duvida. Um filme pipoca seria o que podia dizer mais não acho certo dizer apenas um filme divertido.

Uma ultima dica fiquem depois do créditos é bem interessante.

Ficha Técnica

Nome: Kong: A Ilha da Caveira
Nome Original: Kong: Skull Island
Origem: EUA
Ano de produção: 2016
Lançamento: 9 de março de 2017
Gênero: Ação, Aventura, Fantasia
Classificação: 12 anos
Direção: Jordan Vogt-Roberts
Elenco: Samuel L. Jackson, Tom Hiddleston, Brie Larson, John Goodman, John C. Reilly, Toby Kebbell
Murilo Barroso escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook