Cinema

Cinco filmes de viagens no tempo para passar o tempo!

Que tal se perder no tempo com filmes de viagem no tempo?



Filmes onde o seu roteiro se baseia em viagens no tempo parecem ser bem complicados, mas, na verdade é só uma questão de interpretação e de como o espectador entra de cabeça nos vislumbres dos roteiristas em suas ideias de ir para o passado ou para o futuro.

Vamos conhecer cinco filmes bem legais sobre viagens no tempo?


Bill & Ted - Uma Aventura Fantástica (Bill & Ted's Excellent Adventure, 1989)




Um daqueles clássicos filmes da Sessão da Tarde traz Keanu Reeves num dos personagens mais memoráveis que ele interpretou no final da década de 1980 e início de 1990.

A história é bem simples, Bill S. Preston (Alex Winter) e Ted "Theodore" Logan (Keanu Reeves) tem de passar numa prova de história senão o pai Ted mandará ele para uma escola militar e, assim, a banda dos dois - Os Garanhões Selvagens - acabara e futuro será completamente mudado.

Com a ajuda de Rufus (George Carlin) eles viajam no tempo para estudarem os eventos do passado e, assim, escreverem um trabalho de História para ganhar os pontos para passar de ano.

Em diversas confusões no tempo e encontrando com figuras clássicas da história americana e mundial, este é um daqueles filmes para se divertir muito.

12 Macacos (Twelve Monkeys, 1995)




As vezes a viagem vale muito mais do que o viajar e a jornada de James Cole (Bruce Willis) para o passado do seu presente pode-se tornar uma viagem completamente alucinante.

Baseado no curta Le Jetée temos neste filme uma viagem temporal como pouco vista na história do cinema, onde o futuro pode, e consegue, interferir no passado e o passado é escrito com as ações de Cole na sua interação com o paciente mental Jeffrey Goines (Brad Pitt) e sua médica Kathryn Railly (Madeleine Stowe).

Será que os eventos do passado são realmente imutáveis? Será que o futuro está predestinado a ser sempre do jeito que já foi escrito? Se gosta de uma breve confusão mental, 12 Macacos é o seu filme.

Interestelar (Interstellar, 2014)




Continuando com os filmes papo cabeça temos esta obra cinematográfica aclamada pela crítica especializada e que fez muitos queimarem os seus neurônios, principalmente em seu final.

Num futuro não muito distante a Terra está condenada. Em vários pontos do planeta, as plantações estão morrendo de pouco em pouco. Uma missão secreta da NASA está investigando um buraco de minhoca que poderia levar quaisquer naves para uma galáxia distante onde existem planetas que podem suportar vida humana.

Então Cooper (Matthew McConaughey) parte numa missão juntamente com o Dr. Romilly (David Gyasi), Dr. Doyle (Wes Bentley) e a Dr. Amelia Brand (Anne Hathaway) através do buraco de minhoca para comprovar os dados das missões anteriores.

Neste filme, abra a sua mente e se deixe levar na história contagiante, de mundos estranhos e de uma viagem temporal fora do comum.

Exterminador do Futuro (Terminator, 1984)




A franquia Exterminador do Futuro é, certamente, uma daquelas que o espectador deve passar, pelo menos, umas três horas para tentar entender as tantas idas e vindas que acontecem nos filmes.

O primeiro filme de 1984 é de fácil compreensão. Vem um ser cibernético do futuro (Arnold Schwarzenegger) que quer matar a mãe (Linda Hamilton) do futuro líder da rebelião humana e para impedir que isto aconteça o líder desta rebelião manda um soldado para o passado Kyle Reese (Michael Biehn).

Até aí tudo é tranquilo e normal até que acontece aquele evento temporal baseado na Teoria do Avô, onde o viajante no tempo pode se tornar o pai e/ou o avô de si próprio.

Para não dar maiores spoilers, assistam toda a franquia - já desligando o fato que o Rise of the Machines e o Salvation piora ainda mais a confusão de viagens no tempo - e vislumbre as altas confusões que a Skynet trouxe para a humanidade.

A Casa do Lago (Lake House, 2006)




Um filme de romance que tem viagem no tempo? Sim senhores! A Casa do Lago tem um contexto de viagem no tempo onde os dois personagens Alex Wyler (Keanu Reeves) e Kate Forster (Sandra Bullock) trocam correspondências através do correio.

E onde está a viagem no tempo, alguém pode perguntar. Bem, a caixa de correio da "casa do lago" - que dá o título ao filme - faz com que as cartas viajem para o passado - onde Alex vive -, para o presente - que é o momento onde está Kate.

Através desta pequena dádiva temporal, os dois encontram um ao outro uma forma de se completarem, mesmo que não fisicamente e onde a Casa do Lago dá esta e outras possibilidades.

Existem muitos outros filmes


A lista de filmes com viagem no tempo é bem enorme e poderiam ser citados alguns clássicos absolutos como De Volta para o Futuro, Feitiço do Tempo, Donnie Darko entre tantos outros. Este e outros filmes que existem por aí são ótimos e merecem ser assistidos e compreendidos já que viajar no tempo não é complicado!

E vocês, quais são os seus filmes favoritos de viagem no tempo?
Daniel Gomes escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook