Séries

13 Reasons Why: Clay será a próxima vítima?

Fãs acreditam que personagem está sendo negligenciado e tem indícios de problemas de saúde mental



Polêmicas. É nisso que a Netflix apostou nesta segunda, e controversa, temporada de 13 Reasons Why. A série, que até então era baseada no livro homônimo, ganhou asas e promove a continuação direta da história do suicídio de Hannah Baker. Contudo, apesar das inúmeras críticas negativas desta segunda temporada, os fãs apontam para um fato que passa quase despercebido e que pode ser a chave para a terceira e (possível) derradeira temporada: seria Clay a próxima vítima de um sistema que negligencia os jovens? Os fãs apostam que sim.


ATENÇÃO. Este texto contém spoilers da segunda temporada - incluindo a descrição da cena que encerra a temporada.


Logo no primeiro episódio da segunda temporada, somos levados a crer que Clay superou todos os problemas relacionados ao suicídio de Hannah. Após seis meses ele parece contente e está namorando Skye. Contudo, ainda no mesmo episódio, ele recebe a informação de que os pais de Hannah não aceitaram o acordo da escola e continuarão com o julgamento, com o objetivo da escola ser responsabilizada por negligenciar os sinais de não defender os alunos. Este é o gatilho para Clay regredir e começar a cair novamente em um mundo de trevas e escuridão. E, como se não fosse o bastante, ele passa a ter visões de Hannah.


O personagem não tem destaque central - este é ocupado pelos outros personagens como Jéssica, Justin e Alex - mas nas diversas vezes que aparece está sempre sozinho, ou acompanhado pela visão de Hannah. Ele está cada vez menos se importando com as coisas ao seu redor, passa a ter um comportamento de bipolaridade dentro de casa e ainda demonstra sinais de que a família estaria muito bem sem ele - pois os pais já estão ocupados cuidando do "novo filho", Justin.

Além disto, três momentos deixam claro que Clay não está bem: quando ele tem um descontrole total dentro do próprio quarto, pedindo para o fantasma de Hannah parar de falar que ele não aguenta mais ouvir sobre os crimes cometidos por Bryce. Justin o socorre, mas em nenhum momento pergunta se o garoto está bem ou se precisa de ajuda.  Outro momento é quando, estimulado pelo fantasma de Hannah, segue armado até a casa de Bryce para matá-lo, demonstrando total falta de controle e falando que é aquilo que a Hannah precisa. Mais uma vez Justin estava ali, mas em nenhum momento após a cena mostra preocupação com o menino ou desdobramentos que poderiam ajudá-lo. E, por fim, na cena final da temporada, quando coloca-se entre Tyler - armado - e a escola, pouco ligando para a própria sobrevivência e desafiando o garoto a começar o atentado com ele, ali fora.


Estes fatos, somado a forma despretensiosa que Clay é levado durante toda essa temporada, levaram os fãs da série a criarem uma teoria de que o garoto está gritando por ajuda - mas mesmo com o histórico de Hannah, ninguém parece interessado em ouvi-lo, nem mesmo a escola. Ou seja, eles acreditam que a próxima vítima do sistema falido de educação apresentado na série seja Clay.

No tópico de discussão no Reddit, a usuária SunnyPixie escreveu:

"Eu espero que tenha a terceira temporada. Não é possível o que estão fazendo com o Clay - e parece que ninguém percebe que estão o ignorando da mesma forma como fizeram com a Hannah! Nem mesmo a escola, mais uma vez, está ligando para ele. Eu esperei a temporada toda para que alguém confrontasse o Clay e o perguntasse o que está acontecendo com ele e ninguém o fez - nem mesmo Justin que passou a morar com ele! Quando ele confronta o Bryce ele diz que precisa fazer o que a Hannah quer, pois ele não pode pará-la. Pelo amor de Deus, o que precisa acontecer para Clay admitir que precisa de ajuda ou então alguém perceber e passar a se importar?"

Em uma das cenas, o conselheiro da escola, Kevin, afirma ao diretor que separou alguns alunos que estão à beira de um colapso e que podem "se tornar novas Hannah's". O primeiro da lista é o fotográfico Tyler, que no decorrer de toda a temporada foi vítima dos mais diversos e pesados tipo de Bullying e acabou indo até o baile da escola com armas para atirar em todos - mas foi impedido por Clay. Os fãs acreditam que em uma das cinco pastas separadas por Kevin, uma seja de Tony e outra de Clay.


Outros fãs da série também se pronunciaram, afirmando que o personagem passa por problemas de saúde mental. FateThatB escreveu:

"Clay tem esquizofrenia. Daquelas bem graves.  Eu tenho, então eu sei de fato o que parece. Eu fiquei esperando, literalmente, toda a temporada para que alguém notasse as alucinação visuais e auditivas dele, mas ninguém o fez. Ele teve um surto psicótico e quase matou o Bryce. E, literalmente, ninguém, ninguém mesmo, notou ou tentou ajudá-lo. A única coisa que os amigos fizeram foi abraçar ele quando chorou em uma música, pois lembrou de Hannah. Okay, isso é um apoio, mas um pequeno apoio leve perto das coisas graves que estão acontecendo. Então, tipo, e tudo mais?"

O assunto bombou nas redes sociais, o que fez a equipe do BuzzFeed USA procurar o ator Dylan Minnette, que interpreta Clay, para falar sobre o assunto. Ele declarou:

"Tudo que eu posso dizer é que essa é uma temporada muito emocional. Ela exige muito mental e fisicamente de Clay. Eu acredito que essa temporada tenha mais impacto para o Clay do que a do ano passado. Toda essa tortura em torno dele... Bem, Clay é um garoto problemático, com uma vida problemática. Por enquanto, é isso".

A Netflix, responsável pela produção da série, ainda não se pronunciou sobre uma terceira temporada. Porém fontes ligadas a TV Time afirmam que a terceira temporada já é dada como certa e que terá 15 episódios - dois a mais do que as duas últimas temporadas.

Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook