Cinema

Crítica: O Quebra-nozes e os Quatro Reinos – e o natal antecipado da Disney

O filme O Quebra-nozes e os Quatro Reinos dos estúdios Disney chega aos cinemas em 1º de novembro, é uma continuação da história do balé O Quebra-nozes



Dia 1º de novembro chega aos cinemas o filme O Quebra-nozes e os Quatro Reinos, dos estúdios Disney, sendo uma continuação da narrativa do balé O Quebra-nozes, que foi inspirado num conto de E. T. Hoffman. Uma história tradicionalmente encenada no Natal, mas, que a Disney resolveu lançar no início de novembro. Vai entender.



Clara é uma garota que perdeu a mãe, recentemente, por isso não quer participar das celebrações do Natal. Entretanto, seu pai quer manter as tradições e obriga a garota acompanhar a família nas comemorações natalinas. Então, na véspera de natal, Clara (Mackenzie Foy) ganha um novo mistério da mãe e precisa encontrar a chave que abre o seu precioso presente. Por isso vai pedir ajuda do seu padrinho, naquela festa que ela não queria ir. Porém, ao invés de ajudar a afilhada Drosselmeyer (Morgan Freeman), envia Clara para os quatro reinos. E lá ela terá que enfrentar um perigoso inimigo para obter a chave que tanto deseja.

O filme é  simplesmente lindo, com cenários grandiosos e magníficos criados por computação gráfica. Se você não é o tipo de pessoa que se incomoda com o fato de os atores gravarem filmes em fundo verde, então não irá se sentir incomodado uma vez que a falta de conexão dos atores com o cenário é perceptível. Afinal, não dá para interagir com o que você não pode ver. As cenas com o pequeno mouserinks são um bom exemplo do que acabei de falar. Vai se impressionar com o trabalho de desenvolvimento da equipe criativa. Nesse quesito a Disney arrasa.


Quando vi o pôster de O Quebra-nozes e os Quatro Reinos a personagem que mais me chamou a atenção foi a Sugar Plum Fairy (Keira Knightley) mas no filme ela me irritava constantemente, pois, tinha uma vozinha chata e feliz, parecia uma Smurfete falando e pulando de um lado para outro porém, rosa. Por que eles acham que fadinhas alegres precisam desse tipo de voz que até psicólogo não recomenda? Somos crianças e não seres acéfalos. Obrigado.

A parceria entre Clara e o Philip (Jayden Fowora-Knight) é muito fofa. Ambos são pessoas solitárias e fiéis ao que acreditam. Como um bom soldado Philip defende sua rainha e dá aquela força nos momentos em que Clara questiona sua missão.



Hellen Mirren como sempre é uma rainha nas telas, apesar de sua personagem não ter sido explorada como deveria. A bailarina faz uma ponta no filme, mas não saia do cinema assim que o filme acabar, pois têm uma performance maravilhosa de Misty Copeland ao som da música clássica do balé O Quebra-nozes.

O filme O Quebra-nozes e os Quatro Reinos é diversão para toda a família, que vai encantar crianças e causar nostalgia nos pais que assistiam esse clássico toda véspera de Natal. Mesmo que ainda estejamos no início de novembro.


Ficha Técnica


Nome: O Quebra-Nozes e os quatro reinos
Nome Original: The Nutcracker and the four realms
Origem: EUA
Ano de produção: 2018
Gênero: Aventura, Fantasia
Duração: 108 min
Classificação: Livre
Direção: Joe Johnston, Lasse Hallstrom
Elenco: Mackenzie Foy, Keira Knightley, Helen Mirren, Morgan Freeman, Matthew Macfadyen
Karina E. da Costa escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook