Séries

Emmy 2016: Game of Thrones concorre em 23 categorias

Surpresas, emoções e polêmicas nos indicados da 68ª edição do Emmy



As melhores produções da televisão norte-americana serão contempladas no próximo dia 18 de setembro, em Los Angeles. É quando ocorre a 68ª edição do Emmy. Os indicados foram anunciados na manhã desta quinta-feira, 14 de Julho, em evento transmitido ao vivo pela internet, apresentado por Lauren Graham (Gilmore Girls) e Anthony Anderson (Black-ish).



A cerimônia trouxe muito mais que a lista dos indicados, mas também a (já esperada) preferência por Game of Thrones, que está concorrendo em 23 categorias; surpresas e polêmicas.

The Winter Emmy is Coming!


Pelo quarto ano seguido, Game of Thrones é o grande vencedor do Emmy em número de indicações. Em 2016 não seria diferente. A série baseada nos livros homônimos de George R. R. Martin recebeu 23 indicações. Entre os indicados estão: Emilia Clarke e Lena Headey, indicadas pela terceira vez; Peter Dinklage, que já ganhou duas vezes; Kit Harington e Maisie Williams. A série concorre também a melhor série dramática.



Em 2015, Game of Thrones tornou-se a série mais premiada em uma única temporada ao levar para casa 12 estatuetas do Emmy. O recorde anterior era de The West Wing, que em 1999 ganhou em 9 categorias. Agora, em 2016, Game of Thrones tem a chance de bater seu próprio recorde.



Redenção



Nenhuma premiação consegue indicar todos os shows que merecem estar na lista. Isso é fato. Contudo, o Emmy arrecada no currículo algumas polêmicas que são alvos de reclamações pelo mundo. Este ano, como forma de redenção, a lista trouxe algumas séries até então esnobadas.

Tatiana Maslany teve que emprestar o corpo e a alma a sete personagens para chamar a atenção do Emmy. Apesar de já ter sido indicada em diversas outras premiações, a protagonista de Orphan Black havia sido "esquecida" pela premiação. Agora, ao estrear a quarta temporada, foi indicada.



The Americans é apontado por críticos norte-americanos como uma das melhores séries da atualidade. Mesmo assim, a série de espionagem da FX foi esnobada por longos quatro anos. Dessa vez foi indicada a melhor série de drama e também para as categorias de melhor atriz e ator com Keri Russel e Matthew Rhys.


Polêmicas


A premiação, no entanto, não aprendeu com o passado. Mais uma vez deixam de fora destaques da televisão.  Este ano é impossível não sentir falta de algumas figuras. Mom, uma das séries de comédia mais assistidas dos Estados Unidos e com temporada excelente, não concorre a melhor série de comédia.



Após uma temporada marcante, Bates Motel não aparece na lista. As interpretações impecáveis e sombrias de Vera Farmiga e Freddie Highmore (Norma e Norman Bates, respectivamente) foram ignoradas. O mesmo ocorreu com Wagner Moura. Apesar de indicado ao Globo de Ouro, o brasileiro ficou de fora da premiação por seu papel em Narcos.


Surpresas


Apesar de aclamada, a série de Ryan Murphy teve momentos conturbados ao retratar um caso real e tão vívido na recente história americana, The People v. O.J. Simpson: American Crime History tem 22 indicações. A série, apesar de estar atrás de Game of Thrones em números de indicações, foi o grande destaque do ano.

Mr. Robot, Hannibal e Penny Dreadful também receberam indicações inesperadas.



O drama estreante conta a vida de um hacker e investe nas interações sociais. Rami Malek é a grande revelação de Mr. Robot e o responsável por caracterizar tão bem o protagonista. Indicações merecidas, porém surpresa, como melhor série dramática e melhor ator em série dramática.

Já Hannibal e Penny Dreadful são séries que já tiveram o final exibido e há tempos são esnobados pela premiação. Agora, no final do segundo tempo, recebem indicações.


Expectativa


Com discurso emocionado na edição de 2015, Viola Davis comemorou ao tornar-se a primeira atriz negra a ganhar o prêmio na categoria de série dramática, por How to get away with murder. Na época, ela afirmou: "A única coisa que separa as mulheres negras das outras é a oportunidade. Não se pode ganhar um Emmy para papéis que não existem. Esse prêmio é para todos os roteiristas que redefiniram o que significa ser uma atriz principal negra. Para todas as Taraji, Kerry Washington, Halle Berry".

Viola novamente está indicada para a categoria de melhor atriz em série dramática e há grande expectativa nas redes sociais que ela seja novamente premiada.



Confira as principais categorias e concorrentes:

Melhor série de comédia
"black-ish"
"Master of none"
"Modern Family"
"Silicon Valley"
"Transparent"
"Unbreakable Kimmy Schmidt"
"Veep"


Melhor série dramática
"The Americans"
"Better Call Saul"
"Downton Abbey"
"Game of thrones"
"Homeland"
"House of Cards"
"Mr. Robot"


Melhor ator em série dramática
Kyle Chandler, de "Bloodline"
Rami Malek, de "Mr. Robot"
Bob Odenkirk, de "Better Call Saul"
Matthew Rhys, de "The Americans"
Liev Schreiber, de "Ray Donovan"
Kevin Spacey, de "House of Cards"


Melhor atriz em série dramática
Claire Danes, de "Homeland"
Viola Davis, de "How to Get Away with Murder"
Taraji P. Henson, de "Empire"
Tatiana Maslany, de "Orphan Black"
Keri Russell, de "The Americans"
Robin Wright, de "House of Cards"


Melhor ator coadjuvante em série dramática
Jonathan Banks, de "Better Call Saul"
Ben Mendelsohn, de "Bloodline"
Peter Dinklage, de "Game of thrones"
Kit Harington, de "Game of thrones"
Michael Kelly, de "House of Cards"
Jon Voight, de "Ray Donovan"


Melhor atriz coadjuvante em série dramática
Maura Tierney, de "The Affair"
Maggie Smith, de "Downton Abbey"
Lena Headey, de "Game of thrones"
Emilia Clarke, de "Game of thrones"
Maisie Williams, de "Game of thrones"
Constance Zimmer, de "UnReal"


Melhor ator convidado em série dramática
Max von Sydow, de "Game of thrones"
Michael J. Fox, de "The good wife"
Reg E. Cathey, de "House of Cards"
Mahershala Ali, de "House of Cards"
Paul Sparks, de "House of Cards"
Hank Azaria, de "Ray Donovan"


Melhor atriz convidada em série dramática
Margo Martindale, de "The Americans"
Carrie Preston, de "The Good Wife"
Laurie Metcalf, de "Horace and Pete"
Ellen Burstyn, de "House of Cards"
Molly Parker, de "House of Cards"
Allison Janney, de "Masters of sex"


Melhor ator em série de comédia
Anthony Anderson, de "black-ish"
Aziz Ansari, de "Master of none"
Will Forte, de "The Last Man on Earth"
William H. Macy, de "Shameless"
Thomas Middleditch, de "Silicon Valley"
Jeffrey Tambor, de "Transparent"


Melhor atriz em série de comédia
Ellie Kemper, de "Unbreakable Kimmy Schmidt"
Julia Louis-Dreyfus, de "Veep"
Laurie Metcalf, de "Getting On"
Tracee Ellis Ross, de "black-ish"
Amy Schumer, de "Inside Amy Schumer"
Lily Tomlin, de "Grace and Frankie"


Melhor atriz coadjuvante em série de comédia
Niecy Nash, de "Getting On"
Allison Janney, de "Mom"
Kate McKinnon, de "Saturday Night Live"
Judith Light, de "Transparent"
Gaby Hoffmann, de "Transparent"
Anna Chlumsky, de "Veep"


Melhor ator coadjuvante em série de comédia
Louie Anderson, de "Baskets"
Andre Braugher, de "Brooklyn Nine-Nine"
Keegan-Michael Key, de "Key & Peele"
Ty Burrell, de "Modern Family"
Tituss Burgess, de "Unbreakable Kimmy Schmidt"
Tony Hale, de "Veep"
Matt Walsh, de "Veep"


Melhor atriz convidada em série de comédia
Laurie Metcalf, de "The Big Bang Theory"
Christine Baranski, de "The Big Bang Theory"
Tina Fey, de "Saturday Night Live"
Melissa McCarthy, de "Saturday Night Live"
Amy Schumer, de "Saturday Night Live"
Melora Hardin, de "Transparent"


Melhor ator convidado em série de comédia
Bob Newhart, de "The Big Bang Theory"
Tracy Morgan, de "Saturday Night Live"
Larry David, de "Saturday Night Live"
Bradley Whitford, de "Transparent"
Martin Mull, de "Veep"
Peter MacNico, de "Veep"


Melhor série limitada (antiga categoria minissérie)
"American Crime"
"Fargo"
"The Night Manager"
"The People vs. O.J. Simpson: American Crime Story"
"Roots"


Melhor filme para TV
"A Very Murray Christmas"
"All the Way"
"Confirmation"
"Luther"
"Sherlock: The Abominable Bride"


Melhor atriz em série limitada ou filme para TV
Kirsten Dunst, de "Fargo"
Felicity Huffman, de "American Crime"
Audra McDonald, de "Lady Day at Emersons Bar and Grill"
Sarah Paulson, de "The People v. O.J. Simpson"
Lili Taylor, de "American Crime"
Kerry Washington, de "Confirmation"


Melhor ator em série limitada ou filme para TV
Byan Cranston, de "All the Way"
Benedict Cumberbatch, de "Sherlock: The Abominable Bride"
Idris Elba, de "Luther"
Cuba Gooding Jr, de "The People v OJ Simpson"
Tom Hiddleston, de "The Night Manager"
Courtney B Vance, de "The People v OJ Simpson"


Melhor ator coadjuvante em série limitada ou filme para TV
Jesse Plemons, de "Fargo"
Bokeem Woodbine, de "Fargo"
Hugh Laurie, de "The Night Manager"
Sterling K. Brown, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"
David Schwimmer, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"
John Travolta, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"


Melhor atriz coadjuvante em série limitada ou filme para TV
Melissa Leo, de "All The Way"
Regina King, de "American Crime"
Sarah Paulson, de "American Horror Story: Hotel"
Kathy Bates, de "American Horror Story: Hotel"
Jean Smart, de "Fargo"
Olivia Colman, de "The Night Manager"


Melhor reality show de competição
"The Amazing Race"
"American Ninja Warriors"
"Dancing With The Stars"
"Project Runway"
"Top Chef"
"The Voice"


Melhor série de variedades
"Comedians In Cars Getting Coffee"
"Jimmy Kimmel Live"
"Last Week Tonight"
"The Late Late Show Corden"
"Real Time Bill Maher"
"Tonight Show Fallon"


Demais categorias podem ser vistas no site oficial do Emmy 2016.
Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook