Séries

As 7 mães de séries que merecem parabéns nesse Dia dos Pais

Who run the world? Girls























Pai é aquele que ama, cuida e faz de tudo pelos filhos. Aquele que provoca a sensação de lar quando abraça forte. Nas séries isso não é diferente. Mas não necessariamente são homens. É isso mesmo. Para comemorar o Dia dos Pais, selecionamos os sete mães de séries que foram não só o laço maternal, mas também o paternal e fizeram de tudo por seus filhos. E sim, elas merecem o nosso parabéns por este dia!

Nancy Botwin (Weeds)

Ela pode não ser uma mãe modelo, mas Nancy Botwin fez das tripas coração para ser uma ótima mãe para Silas e Shane. Após a repentina morte do marido, a socialite descobre que a família não tem mais dinheiro para se manter. Não querendo mudar o nível social que os filhos estavam acostumados, Nancy envolve-se no mundo do tráfico de drogas. O enredo da série Weeds é repleto de momentos icônicos e bem humorados, mas também com uma dose dramática e demonstrações de cumplicidade entre a mãe e os filhos.

Bonnie Plunkett (Mom)


Uma das comédias mais aclamadas do momento na televisão norte americana, Mom, demonstra a relação de Bonnie Plunkett com a filha Christy (que também merece uma menção honrosa nesse dia dos pais). Com bom humor, Bonnie demonstra que é mais do que suficiente para criar a filha sem a figura paternal. E isso não é tudo: ela ainda está presente e auxilia a filha muito tempo após ela já estar crescida. Isso sim é mãe (e pai!) pra ninguém botar defeito.

Glória Pritchett (Modern Family)


Modern Family é a mais representativa série no conceito de ótimas mulheres que também merecem parabéns no dia dos pais. Apesar de casada e contar a ajuda do marido, Claire Dunphy, por exemplo, é um destaque característico de mãe que se preocupa com o futuro dos filhos, mas também se diverte ao lado deles topando participar de altas aventuras. Contudo, a destaque deste tópico é Glória Pritchett. Apesar da história não ser explorada explicitamente na série, sabemos que ela não teve o apoio do Ex-marido Javier Delgado na criação do pequeno Manny Delgado. Sozinha, ela garantiu o futuro da criança sozinha, até encontrar Jay, um parceiro para a vida e um ótimo padastro para Manny.

Christine Campbell (The New Adventures of Old Christine)


Ter Christine Campbell como mãe já é uma aventura. Agora contar com ela por toda a vida ultrapassa todos os limites da fofura e da loucura existente no mundo. Sem dúvidas, Richie é muito feliz por poder chamá-la de mãe. Uma das primeiras mulheres destaque no papel de mulher moderna protagonizando uma série demonstrando a força e a independência feminina, Christine empolgou e cativou fãs por todo o mundo pelo seu jeito cômico e único de ser. (E também o seu lado super protetor com seu filho)

Lorelai Gilmore (Gilmore Girls)


Em alguns momentos de Gilmore Girls, aparecem personagens que questionam se Rory Gilmore não sofreu com a falta do pai. A resposta, obviamente, é não. Também pudera: ter Lorelai como mãe é o suficiente para valer também como pai. A moça desdobra-se para conciliar emprego, vida social e vida pessoal. Com bom humor e muitas doses de cafeína por dia, Lorelai demonstra que ela é autossuficiente para cuidar, com sucesso, da filha. Ela faz por merecer estar nessa lista de "melhores pais". Parabéns, Lorelai!

Norma Bates (Bates Motel)


O item mais polêmico desta lista pertence a ela: Norma Bates. A mãe de Norman e Dylan pode ter errado - e muito - na criação dos pupilos, mas não podemos contestar uma coisa: ela fez de tudo para proteger eles de todo o mundo. Norma sofreu calada, escondeu segredos, mentiu e causou problemas a terceiros para proteger o próprio lar. Se tem alguém que abriu mão da própria vida para se dedicar aos filhos de uma forma doentia, esse alguém é Norma: mãe e pai.

Catelyn Tully (Game Of Thrones)


Logo no meio do primeiro livro e primeira temporada de Game Of Thrones, vimos Catelyn Tully assumir o papel de grande protetora dos filhos. Do início da trama até esse ponto, percebemos que a personagem cresceu e ganhou destaque. Como grande responsável pelos nobres de Winterfell, Catelyn engoliu o orgulho, acatou ordens, fez pactos com pessoas e reinos duvidosos, mas tudo em prol da defesa de seus filhos: Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon. Uma baita mãe/pai que merece nosso destaque.
Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook