AnimesMangásTop 10

Animes baseados em franquias de videogame

Se tratando de adaptação, estes foram realizados de modo excelente.

É muito comum nos depararmos com franquias famosas de jogos tentando a sorte fora dos consoles (sejam em adaptações cinematográficas ou em séries televisivas). Entre tantas opções certamente uma mídia que cai bem para qualquer uma delas são as animações, especialmente as produzidas em terras nipônicas.

Enquanto filmes e séries em live-action por vezes podem “pisar na bola”, os animes quase sempre conseguem transmitir com maestria toda a magia dos jogos, resultando em ótimas adaptações que agradam tanto novatos quanto os fãs mais hardcore. Confira agora dez dos melhores animes baseados em séries de videgames:

10 - Persona 4: The Animation



Shin Megami Tensei: Persona (PS2) é uma das maiores franquias de RPG da atualidade (o sucesso de Persona 5 (PS4) é prova concreta disso), e tempos depois do termino de Persona: Trinity Soul foi produzido o anime do quarto título da série. Bem fiel a história do jogo, Persona 4: The Animation consegue transmitir com fidelidade toda ação das lutas além de uma excelente reprodução dos ambientes nos quais os heróis são mandados para enfrentar as maléficas sombras. Isso sem contar a forma criativa de trabalhar cada um dos personagens.

9 - Megaman NT Warrior



Baseado na série spin-off Megaman Battle Network (DS), o pequeno robô azul da Capcom aventura-se pela sistema de rede, envolvendo-se em batalhas contra outros NetNavi. No anime, Lan Hikari é um garoto apaixonado por batalhas de rede que ganha um NetNavi (lutador programado) chamado Megaman.EXE, e agora junto com seus amigos deverão a todo custo impedir que o sistema de rede caia nas mãos da terrível organização WWW liderada pelo infame cientista Dr. Willy.

Vale lembrar que a série principal de Megaman já havia ganhado uma animação americana, e mais tarde foi lançado um novo anime baseado na série Megaman Star Force (DS), que também manteve certa fidelidade aos jogos. Megaman NT Warrior chegou a ser exibido no canal pago Jetix.

8 - Corpse Party: Tortured Souls



A franquia Corpse Party foi outra que rendeu ótimos jogos, misturando survival horror com elementos de puzzle e RPG, e sua série animada não deve em nada ao adaptar o primeiro jogo da franquia para este formato. Durante um ritual de simpatia que acidentalmente acaba dando errado, nove estudantes são mandados para uma dimensão bizarra, onde devem desvendar o mistério que ronda em torno da escola em que estudam. Já avisamos de antemão que esse não é um anime para quem tem estômago fraco, pois contém muito sangue e cenas gore para lá de pesadas.

O anime ainda chegou a ganhar um OVA (infelizmente censurado) intitulado Corpse Party: Missing Footage, que conta apenas sobre os acontecimentos antes da turma se reunir para o ritual.

7 - Castlevania



Desde tempos mais obscuros, a família Belmont esteve dedicada a proteger a humanidade dos vampiros. Quando Conde Drácula dedica-se a mergulhar o mundo nas chamas do caos, Trevor, o último descendente dos Belmont, será obrigado a tomar frente em uma guerra da qual ele não esperava participar.

Castlevania sempre foi uma franquia que divide sua história por gerações, e no anime original da Netflix acompanhamos uma trama adaptada do jogo Castlevania 3: Dracula's Curse (NES), contendo diversos momentos que fazem referências a outros jogos da franquia, além de muitas batalhas sanguinárias e um clima extremamente pesado que remete em tudo ao estilo da série.

6 - Fatal Fury: Legend of the Hungry Wolf



Os arcades marcaram uma geração de jogadores com seus fantásticos jogos de luta, e claro que uma das franquias pioneiras dessa época produzida pela SNK não ficaria de fora do mundo dos animes. Fatal Fury: Legend of the Hungry Wolf é um OVA que conta o arco do primeiro jogo da série, enfatizando muito bem a brutal inimizade dos Terry e Andy Bogard contra o mafioso Geese Howard.

O OVA ainda rendeu duas continuações, a saber Fatal Fury 2: The New Battle e Fatal Fury: The Motion Picture, os quais trouxeram a presença de outros personagens clássicos como Mai Shiranui, Kim Kaphwan e Krauser. Todos chegaram a serem exibidos na extinta TV Manchete.

5 - Street Fighter II Victory



Outro ícone dos fliperamas, Street Fighter II imperou por um longo tempo como o título mais requisitado da franquia, tanto que até chegou a ter um filme animado chamado Street Fighter II: The Animation Movie. Foi um ano mais tarde que os fãs foram agraciados com a série animada Street Fighter II Victory que, embora tenha se distanciado um pouco do material original do jogo (em relação a história de alguns personagens), conseguiu ainda assim desenvolver uma ótima trama para os queridos lutadores de rua.

Além de momentos épicos e lutas clássicas, o anime possui uma das aberturas mais memoráveis de todas, que pode fazer até o mais parrudo dos tiozões derramar uma lágrima. Atualmente ele está disponível na biblioteca da Netflix.

4 - Pokémon: The Origin



Conhecida por muitos como a série animada mais longa baseada em uma franquia de jogos, o anime de Pokémon carrega uma multidão de fãs por todo globo adaptando diversos jogos da série ao decorrer de seus arcos, os quais são sempre protagonizados por Ash e seu eterno companheiro Pikachu.

No entanto, nosso destaque da vez vai para Pokémon: The Origin que conseguiu adaptar com maestria a saga dos primeiros jogos da série para Game Boy. Neste anime, acompanhamos a história de Red e seu pokémon Charmander em sua jornada para se tornar um Mestre Pokémon. Repleto de momentos saudosos, além do grande embate deste contra seu rival Green, é um anime para quem acompanha os jogos a longa data.

Uma “sequência” chamada Pokémon Generations foi produzida em 2016, constituído por história curtas inspirada nos jogos posteriores.

3 - Sonic X



O ouriço mais rápido dos videogames já tem um longo histórico por outras mídias, e claro que ele não ficou de fora do universo dos animes. Sonic X é repleto de ação, batalhas, explosões e muita, mas muita velocidade (como não poderia deixar de ser), além de uma história muito bem elaborada com momentos épicos e boas referências aos jogos da série.

Na história, Sonic, após conseguir invadir mais uma base do Dr. Eggman, acaba sendo enviado juntamente com seus amigos e inimigos para o planeta Terra, onde partem em busca das Esmeraldas do Caos a fim de conseguirem retornar a sua dimensão. O anime é frenético além de adaptar muito bem os enredos dos jogos Sonic Adventure e Sonic Adventure 2 (Dreamcast) em dois de seus arcos. Chegou a ser exibido no Jetix e na Rede Globo, na boa e memorável TV Globinho.

Antes de Sonic X, o ouriço também já havia tido um anime, ou melhor um OVA, produzido na Década de 90 intitulado Sonic the Hedgehog OVA, ou Sonic the Movie como ficou conhecido do ocidente, baseado nos jogos clássicos do personagem.

2 - Stains;Gate



A genial visual novel de sci-fi onde um excêntrico cientista faz sua mente viajar no tempo para impedir que a organização SERN execute uma nova ordem mundial, possui uma das melhores adaptações para os animes. Na história acompanhamos a rotina de Rintarō Okabe e seus amigos em um verdadeiro ciclo de acontecimentos bizarros envolvendo física quântica, assassinatos, forças especiais do governo e muitas viagens temporais para tentar consertar erros do passado.

Stains;Gate ainda chegou a ter um OVA e um filme que contam acontecimentos ocorridos após o final do anime, envolvendo ainda mais mistérios e estranhezas, tudo relacionado a realidade do espaço-tempo. Quem curte essa temática, é mais que obrigatório assistir essa obra.

1 - Danganronpa: The Animation



Em primeiríssimo lugar, temos novamente uma adaptação de visual novel. Danganronpa: Trigger Happy Havoc (PSP/PC) conta a história de quinze jovens que são aprisionados em uma escola e a única maneira de sair de lá é matando alguém do grupo sem ser descoberto.

O anime transmite toda a tensão proporcionada pelo jogo de forma excelente, com momentos assustadores e tensos, além de partes específicas onde a animação fica exatamente igual ao traço do jogo, transmitindo toda a atmosfera de medo proporcionada pela visual novel.

Danganronpa: The Animation chegou a ter uma sequência, Danganronpa 3: The End of Kibougamine Gakuen, a qual foi dividida em dois arcos (Future Arc e Despair Arc), além de dois OVAs: Super Danganronpa 2.5 e Danganronpa 3: Hope Arc (que finaliza a saga das duas gerações do primeiro e segundo jogo).

Menção Honrosa: Fate/Stay Night



A série Fate (Multi) em pouquíssimo tempo conseguiu uma grande leva de fama e fãs, e claro que isso se estenderia para os animes. Desde de Fate/Stay Night, já são mais de dez adaptações da franquia para séries animadas. A eterna busca das encarnações de lendas arturianas pelo Santo Graal conseguiu cativar muitas pessoas, tanto que alguns destes chegaram a ser produções exclusivas da Netflix. Com ótimos momentos de ação, romance e suspense muito bem ajustados dentro de uma boa história, vale aqui a nossa menção honrosa a Fate/Stay Night.
E você? Qual é o seu anime preferido baseado em franquias de jogos eletrônicos?
Áquila Braga escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook