Cinema

Primeiras reações de "Jogador Nº 1" são extremamente positivas

Novo filme de Steven Spielberg tem tudo para ser um grande sucesso.

Jogador Nº 1 é um daqueles filme que tem chamado bastante a atenção do público desde o seu primeiro trailer, principalmente pela chuva de referências à cultura pop que o este faz, trazendo personagens icônicos de filmes, livros, séries, jogos e animações para dentro de seu enredo.

Durante a SXSW, muitas pessoas puderam conferir uma exibição exclusiva do novo longa de Steven Spielberg, exibindo assim suas primeiras impressões no Twitter. A maior parte delas é extremamente positiva, mostrando que o filme tem muito mais a apresentar do que apenas um caminhão de fanservice. Confira algumas delas:

JOGADOR Nº1: A multidão da #SXSW adorou isso! As referências da cultura pop são muito divertidas, alegria geek de ver tudo junto na tela grande. Eu só queria mais do mundo real e mais história de personagem. Eu definitivamente recomendo ler o livro primeiro!
Bem, todo mundo relaxe. Jogador Nº 1 vai de fato ser a maior coisa no mundo. A maior surpresa para mim é como esses avatares esquisitos parecem e se sentem, é provavelmente a parte mais bem sucedida do filme e eu estou chocada em dizer isso.

Jogador Nº1 faz aprecer que Spielberg assistiu uma tonelada de filmes do Luc Bensson e decidiu descontrui-los. Em termos de puro espetáculo, é a coisa mais impressionante que ele já fez. Nunca subestime Steve.

Jogador Nº1 é uma clássica diversão Spielberg! Que demais, mal posso esperar pra ver de novo. Toneladas de grandes referências, visuais e coração. Tão demais que estourou os alto-falantes.

E você? Também está ansioso pelo filme? Jogador Nº 1 estreia nos cinemas em 29 de março de 2018.

Áquila Braga escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook