James Gunn comenta pela primeira vez sobre sua demissão

Diretor falou sobre tudo que sentiu na demissão.


Em 2018 o diretor James Gunn foi demitido do cargo de diretor de "Guardiões da Galaxia Vol.3".  Após um tempo o diretor foi recontratado, e pela primeira vez comentou sobre a demissão.
Gunn falou à Deadline sobre o aprendizado no tempo em que ficou de fora do projeto, e seu crescimento com o processo. Na conversa, o diretor falou sobre o que sente sobre os motivos de sua demissão.

"Eu não culpo ninguém. Eu sinto e me senti mal por algum tempo pelas coisas que eu disse publicamente. Algumas das piadas que fiz, os alvos do meu senso de humor. As consequências não-intencionais de não ter compaixão com o que eu publicava. Eu sei que as pessoas se sentiram ofendidas pelo que eu falei, e ainda é minha responsabilidade por não ter tido compaixão nas coisas que disse. Eu me sinto mal e tenho toda responsabilidade. A Disney tinha todo direito de me demitir. Não era uma questão de liberdade de expressão. Eu disse algo que eles não gostaram e eles tinham todo o direito de me demitir. Isto nunca foi uma discussão".


James Gunn também falou sobre o dia em que foi demitido:

"Aquele primeiro dia foi o dia mais intenso de minha vida. Tive dias difíceis na vida, como quando fiquei sóbrio, quando era mais jovem, a morte de amigos que cometeram suicídio. Mas este dia foi incrivelmente intenso. Aconteceu e de repente pareceu que tudo havia ido embora. Eu só sabia, naquele momento que aconteceu tão rápido, que fui demitido. Senti como se minha carreira tivesse acabado".



Após a demissão o elenco e equipe que Gunn trabalhou nos dois primeiros filmes da Marvel, demostraram abertamente apoio ao diretor. Ele falou sobre isso também:

"E então veio uma onda de amor de verdade. Da minha namorada Jen, do produtor, meus agentes. Chris Pratt me ligou perdendo o controle. Zoe Saldana e Karen Gillan, me ligando e chorando. Sylvester Stallone me ligou no facetime. E claro, Dave Bautista, que me apoiou com muita força. O amor que eu senti de meus amigos e família, as pessoas na comunidade, foi incrível. E para isso acontecer, para eu sentir amor de verdade pela primeira vez, o que precisava acontecer era que a base pela qual eu achava que sentia um amor, que era falsa, foi tirada de mim. Então parte daquele dia foi o pior da minha vida, mas parte foi o melhor dia da minha vida. Eu certamente não fui perfeito na minha jornada espiritual, mas eu tenho melhorado".  

O diretor fará Guardiões da Galaxia vol.3 depois que acabar o projeto com Esquadrão Suicida.

Escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook