Anime Friends 2016 Como Foi

Estivemos dentro do maior festival de Animes do Brasil



O Anime Friends nesse conturbado ano de 2016, parece que foi afetado pela crise do nosso país. Comparado aos anos anteriores, o evento apresentou menos atrações e show de bandas pouco conhecidas pelo seu público .

O Evento, ainda realizado no campo de Marte, conta com uma boa infra-estrutura, o único problema nesse quesito, porém, é a área do palco que acaso ocorra chuva (sábado dia 16 um ótimo exemplo disso) não tem onde o público se abrigar. Tirando isso, a comida dos restaurantes do local e a distribuição das barracas de vendas melhoraram de maneira considerável comparado aos anos anteriores. Mas, parece que o Anime Friends anda perdendo sua força na área de eventos no país ou será que é somente culpa da tal crise?

Esse ano não contamos com participação de empresas tradicionais como Level Up Games, e a própria SAGA teve um stand bem menor. Claro que em compensação, stands como o da Panini, Galápagos, Bazar Magic, entre algumas outras, estavam oferecendo ótimos preços e novidades agradáveis. Particularmente, o evento de Magic do qual participei, onde pude conhecer a nova coleção desse card game.


Outra coisa que senti falta foram dos cosplayers. Graças a competição que a Yamato oferece entre as pessoas que levam isso a sério, tem diminuído o aparecimento de muitos cosplayers no domingo (ou sábado, dependendo como estiver o dia).

Bem, o Anime Friends ainda é um grande evento para quem curte esse universo de mangás, animes e cultura geek, espero que no próximo ano volte a crescer, com atrações fortes e interessantes o suficiente para, tanto o fãs cativos, assim como os novos frequentadores possam se encantar.
guilherme augusto escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook