Séries

Will Simpson revela que já sabe o fim de Game of Thrones e como evita spoilers

Responsável pela criação de storyboard, Simpson esbanjou simpatia e bom humor


O painel da HBO, que encerrou o primeiro dia de Comic Con Experience 2016, contou com a presença de Will Simpson, responsável pelo storyboard da série Game of Thrones. Na ocasião, o profissional revelou detalhes sobre seu trabalho e como lida com os spoilers da série.

Carismático e bem humorado, Simpson iniciou o painel agradecendo o carinho dos fãs brasileiros. Segundo ele, inúmeros fãs da série entram em contato pelas redes sociais para elogiar e também para pedir detalhes da nova temporada.

"Eu recebo os scripts com antecedência e crio os storyboards. Eu fico sabendo das coisas bem antes delas serem gravadas e as pessoas sempre me perguntam o que irá acontecer", revelou Simpson. Ao ser questionado sobre qual parte ele mais gostou de desenhar, assustou-se: "Da nova temporada? Ó Deus, eu não posso falar nada...".


Simpático, Simpson revelou como lida com a vontade de falar sobre as novas cenas e o que está achando dos novos episódios, além de ser questionado sobre como aguenta segurar os spoilers. "Eu desenho e faço de tudo para esquecer o que desenhei, para evitar spoilers. Para isso, vou para um bar e escolho bebidas terríveis", revelou aos risos. "É verdade, eu frequento todos os bares possíveis para esquecer, pois, bem... eu já sei de tudo!". Questionado sobre a possibilidade de revelar algum detalhe da nova temporada, Simpson manteve o clima descontraído: "Os produtores me entregariam para Ramsey!".

Dentre todas as cenas, Simpson revelou que o momento que mais sofreu para desenhar foi a morte de John Snow, pois ele não havia lido o último livro de George R. R. Martin e não sabia a reviravolta que ocorreria no decorrer da série. Ainda sobre Martin, Simpson contou que os produtores da série, ele e o autor dos livros se reuniram para a possibilidade de levar os storyboards a tornarem-se a versão HQ da série, mas o mesmo não foi possível, pois Martin já havia vendido os direitos a outra empresa.


Simpson revelou também que o momento épico da sexta temporada, A Batalha dos Bastardos, não teve storyboard, mas que auxiliou o diretor na produção da sequência. "Os diretores tem o melhor trabalho do mundo", declarou ao contar que seu desejo, para o futuro, é dedicar-se a direção. "Já fui diretor de alguns comerciais, gostaria muito de fazer um trabalho maior como uma série ou um longa metragem".

Outra curiosidade revelada foi a contratação para fazer Game of Thrones. "Um dos produtores da série me chamou e disse: 'você gostaria de fazer um teste para uma nova produção? É algo pequeno e que irá começar, mas não posso falar sobre o que é'. Eu aceitei. Fiz os desenhos que pediram sem saber do que se tratava e algum tempo depois ele me convidou para entrar em Game of Thrones - é claro que eu aceitei na hora".

Simpson encerrou o bate papo dando conselhos aos novos artistas: "Nunca desistam do trabalho de vocês. Continuem, persistam. Pegue aquilo que gosta de fazer e invista nisso, deixe de lado trabalhos que não gosta ou não se dá bem", finalizou.
Diego Piovesan escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook