Cinema

Crítica: Os Saltimbancos Trapalhões Rumo à Hollywood e a magia do circo

50º filme de Renato Aragão remete à essência da trupe Os Trapalhões


Renato Aragão chega ao seu 50º filme e leva aos cinemas uma nova versão do sucesso de 1981 Os Saltimbancos Trapalhões, inspirado na obra Os Saltimbancos de Chico Buarque de Holanda. O novo longa, agora chamado de Os Saltimbancos Trapalhões Rumo à Hollywood, traz os amigos Didi e Dedé em uma aventura divertida e recheada com um espetáculo circense para todas as idades.


O Grande Circo Sumatra está em meio a uma grande crise financeira desde a proibição de animais em espetáculos e Barão (Roberto Guilherme, o eterno Sargento Pincel), dono do local, acaba aceitando fazer leilões de gado, comícios e outros eventos alternativos no terreno para conseguir verba. Didi (Renato Aragão), Dedé (Manfried Sant'anna - Dedé Santana), Karina (Letícia Colin) e os demais artistas do circo, estão infelizes com a situação e decidem montar um novo número e, assim, tentar atrair o público novamente.
Elenco reunido

O longa traz uma bagagem muito grande para estar ao nível do seu antecessor. Para isso, o diretor João Daniel Tikhomiroff apresenta nesta refilmagem um filme que transmite em seu âmago a magia do circo, os artistas, o picadeiro e, principalmente, o humor do eterno palhaço Didi, tudo aquilo que há muito não se via em um filme com Renato Aragão. Grande parte do elenco é composta por artistas circenses, malabaristas, contorcionistas, entre outros. A trilha sonora cantada pelo elenco é bem coreografada como um musical "hollywoodiano".

É uma comédia musical para toda a família e os novos fãs terão uma amostra do tipo de humor que consagrou a trupe dos Trapalhões. Os fãs mais antigos e que já tiveram a chance de conferir ao anterior, sentirão uma certa nostalgia ao ver em cena Didi e Dedé. As palhaçadas dos dois amigos é um retorno à infância. O personagem Didi ainda é um vagabundo mas, como ele se denomina no circo, ele é um "faz-tudo". É um personagem que só pensa em comer, e faz de tudo pelos outros. Dedé é um coadjuvante, mas o espectador quer vê-lo em tela por causa da parceria com Didi. Se fosse interpretado por outro ator, não faria a menor diferença, até porque sua melhor cena é quando Didi está criando o novo espetáculo.
Da esq. para a dir. Mussum, Didi, Dedé e Zacarias

Os Saltimbancos Trapalhões Rumo à Hollywood mostra um filme bom protagonizado por Renato Aragão desde O Noviço Rebelde (1997). Está longe de ser um filme perfeito mas vale a pena conferir, rir e se emocionar com a história. Eu particularmente quase chorei ao assistir o filme. A sensação de tristeza por não ver Mussum (Antônio Carlos Bernardes Gomes) e Zacarias (Mauro Faccio Gonçalves), que estavam presentes no elenco principal do longa anterior, e a homenagem à Renato Aragão no final do filme é algo que realmente me comoveu e me trouxe nostalgia.
Renato Aragão homenageado pela equipe técnica nos bastidores

Os Saltimbancos Trapalhões Rumo à Hollywood é um filme para os pais levarem as crianças e se divertirem, talvez mais que elas. A estréia será no dia 19 de janeiro de 2017.

Ficha técnica

Nome: Os Saltimbancos Trapalhões Rumo a Hollywood
Nome Original: Os Saltimbancos Trapalhões Rumo a Hollywood
Origem: Brasil
Ano de produção: 2016
Lançamento: 19 de janeiro de 2017
Gênero: Comédia, Infantil, Musical
Classificação: Livre
Direção: João Daniel Tikhomiroff
Elenco: Renato Aragão, Dedé Santana, Letícia Colin, Livian AragãoAlinne Moraes, Maria Clara Gueiros, Emilio Dantas
Fabio Camilo é bacharel em Comunicação Social com especialização em Rádio, TV e Vídeo, roteirista, poeta, viciado/apaixonado por filmes, séries e quadrinhos, cansado de esperar pela carta de Hogwarts, agora treina para ser um sith ou uma chance de ser chamado para Hollywood.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook