Cinema

O universo de Corpo Fechado

Após anúncio de sequência dos filmes Fragmentado e Corpo Fechado, montamos nossas teorias sobre eles

Recentemente uma notícia mexeu com a indústria do cinema e com o público, pois o diretor M. Night Shyamalan anunciou a sequencia de seu filme "Corpo Fechado" lançado em 2001, Mas porque isso foi tao impactante depois de 16 anos. Bom isso que vamos lhe mostrar nesse texto.


***O  TEXTO A SEGUIR CONTÉM SPOILERS***

Para quem assistiu Corpo fechado em 2001, se surpreendeu com o filme que viram, o filme traz uma boa história, grande elenco e ótima direção. Mas o que ninguém imaginava era que depois de 16 anos o filme voltaria a ser assunto para quem já havia assistido e, os que não viram o filme, iriam se surpreender com todo o universo dessa história.
Em Corpo Fechado o personagem de Bruce Willis descobre ter um incrível resistência com o seu corpo, algo que chega a ser ate comparado com super poderes. Enquanto isso, o personagem de Samuel L. Jackson  nasceu com uma doença onde deixava seus ossos muito frágeis que motivaram o personagem a cometer terrorismos até encontrar alguém que seja o seu oposto, no caso o personagem de Bruce Willis.
 
O filme acaba quando é revelado que o personagem de Jackson era o verdadeiro vilão da história o Mr. Glass. Com esse final tudo se resolveu até o lançamento de Fragmentado que mexeria com todos e deixaria ainda mais perguntas.


Sem dar muitos Spoilers, o filme Fragmentado mostra um jovem vivido por James McAvoy, que tem 23 personalidades sequestrando 3 jovens garotas e mantendo-as como prisioneiras. Ao longo do filme, o espectador é apresentado a uma nova personalidade chamada A Fera com uma incrível força e uma fome insaciável. Mas o que esse filme tem a ver com o  Corpo fechado? No final de Fragmentado a aparição de Bruce Willis citando seu rival do filme de 2001, revela que os dois filmes estão no mesmo universo e que supostamente McAcoy e Willis iriam se enfrentar em uma sequência.

Por que a junção desses filmes é tao importante?

Em 2001 tivemos uma grande história contada, mas ela se expande quando uma outra grande história se liga a ela. Fragmentado também é um bom filme e funciona facilmente sozinho, pois a trama tem um começo, meio e fim, mas ele tem uma coisa parecida com a de corpo fechado, os dois terminam com você curioso com o futuro dos personagens e é isso que Shyamalan te entrega no final de fragmentado mostrando Bruce Willis. Você nunca iria imaginar que gostaria de ver o personagem de corpo fechado voltando para mais uma aventura dessa vez contra um novo vilão. com esses dois filmes vimos o universo compartilhado de Shyamalan no cinemas, isso é algo que o espectador nunca imaginou que pudesse acontecer por estar acostumado com grandes filmes, gigantescas bilheterias e personagens já conhecidos. agora você se vê com personagens novos um mundo novo, filmes menores mas de boa qualidade, um sobrenatural que não se explica só te motiva a querer mais. A empolgação existe porque um novo universo de "Super Heróis" está se formando.


Corpo Fechado é um filme de super herói?

Em 2000 o diretor Bryan Singer estreava o filme X-MEN que, para muitos, foi o primeiro e o começo dessa era dos Super Heróis nos cinemas. Em 2005, todos se surpreenderam com o filme  Batman-Begins, o começo da trilogia de Christopher Nolan que foi bem elogiada pela critica e público com seu jeito realista e sombrio, mas foi a Marvel Studios que começou com o universo compartilhado dos super heróis, onde reuniria todos heróis dos seus filmes em um longa que fecharia um arco. E ninguém cita o filme dirigido por Shyamalan em 2001, pois muitos não viam a esse filme como um filme de super heróis e sim, mais um filme com uma reviravolta. Mas se você analisar bem é possível ver grandes elementos heróicos no filme, quais são eles? Primeiro vamos começar com a jornada do herói que tem David Dunn (Bruce Willis) como nosso protagonista que vivia em um mundo pacato, a chamada da aventura, tem um mentor, realiza sua prova final e quando volta para seu lugar de origem, retorna com grande sabedoria. Sua lealdade com a justiça e suas responsabilidades trazem características bem heroicas e logicamente seus poderes e seu uniforme o transformam em um vigilante da justiça. todo herói precisa de um antagonista a altura e normalmente ele é o seu oposto, e já que nosso herói nunca se machucou ou se quebra por que não um vilão que não possa se mexer direito sem se quebrar todo, mas com uma grande inteligencia. Essas características são a de Elijah Prince (Samuel L. Jackson) que ainda é revoltado com o mundo  em que vive. E assim temos o verdadeiro filme de super herói que também é sombrio e realista mas tem a melancolia que trás uma narrativa unica para o filme.

O que esperar da sequência?

Já foi divulgado que teremos a sequência desses dois filmes que se chamará Glass dando a referência ao personagens de Samuel L. Jackson. Isso nos leva a imaginar as possibilidades da história, como um grande duelo entre esses personagens.
Sabemos que o personagem de Jackson é bem articuloso e consegue convencer quem ele quiser e já que seu nome esta ligado ao titulo imaginamos que ele seria o novamente o grande vilão do filme, voltando para enfrentar de vez o Herói de Bruce Willis que ele mesmo criou. Mas como um ser que pode se quebrar a qualquer movimento pode enfrentar um homem capaz de aguentar grandes impactos? Fácil, encontrando a arma perfeita que no caso seria o personagem de James McAvoy Kevin.  as 23 personalidades de Kevin têm suas características isso o leva a ser imprevisível e ainda carrega a Fera  que tem uma incrível força e resistência, bom parece a arma perfeita para Mr. Glass ir atrás e fazê-la enfrentar nosso herói David Dunn.
Isso tudo é apenas uma teoria e nada esta confirmado apenas o nome mesmo. O jeito é esperar até o filme ser lançado.


E ai ansioso para ver esse novo universo mais uma vez em ação?
Murilo Barroso escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook