Séries

#PowerRangers25 - Beast Morphers

O que sabemos, o que podemos e esperar e algumas ilusões de fã sobre uma temporada que promete


Nesse mês de agosto, os fãs de Power Rangers têm muito o que comemorar, já que foi nesse mês, há 25 anos, no dia 28, que tudo isso começou. Além do fechamento de Shattered Grid, o arco comemorativo da série em quadrinhos produzida pela BOOM! Studios, temos a Power Morphicon, uma convenção bi-anual totalmente focada nos heróis de roupa colorida até demais. Apesar de esperarmos um trailer ou quaisquer informações sobre o episódio comemorativo na atual temporada, Super Ninja Steel, uma coisa é certa: finalmente conheceremos o elenco inicial de Power Rangers Beast Morphers.

Uma longa jornada até aqui

O anúncio da nova temporada pode ser apenas mais um elemento numa cadeia de acontecimentos na franquia, passando pela transição (antes dos brinquedos, agora em sua totalidade) dos Rangers para a mão da Hasbro, o início de Shattered Grid nos quadrinhos, a estreia de Super Ninja Steel, entre outros eventos que, certamente, fez de 2018 um ano agitado para os fãs, mas, ao analisar a história pela qual a Saban/Bandai (antigos donos da franquia) passou até chegarmos a esse ponto, torna-se muito justificável a surpresa dos fãs com o anúncio da temporada.

Beast Morphers será a adaptação de Tokumei Sentai Go-Busters, de 2012. Sim, você não leu errado. 2012. Foi a primeira série Super Sentai que a Saban Brands resolveu pular desde o começo da franquia em sí, lá em 1993. Embora não houve pronunciamento oficial, as prováveis razões para isso são bem claras.

Adivinha qual desses aí foi pulado...

Power Rangers estava vindo de duas temporadas consideradas muito ruins pela grande maioria dos fãs (Megaforce e Super Megaforce), havia uma atraso de 3 anos entre a temporada Super Sentai e a adaptação para Power Rangers, dinossauros era um tema bem familiar entre os fãs (vide Mighty Morphin e Dino Trovão), 2015 foi o ano de lançamento de Jurassic World, o que aumentaria a popularidade do tema, entre outros tantos fatores para que, após Super Megaforce, nós termos Dino Charge ao invés de Beast Morphers.

Além disso, a venda de brinquedos deve ser considerada. Na verdade, a comercialização desses itens é o principal índice de sucesso e, consequentemente, possui mais chances de receber adaptação para Power Rangers. Enquanto Go-Busters rendeu 9.6 bilhões de ienes para a Toei (aproximadamente 322 milhões de reais, considerando a atual cotação do iene), Kyoryuger/Dino Charge, a equipe seguinte, rendeu 14 bilhões (aproximadamente 470 milhões de reais). E estamos falando do Japão. (Fonte: Tokutoystore)

O Material Base

Go-Busters não é um Sentai padrão. Sua história geral se aproxima de temporadas como Força do Tempo, Espaço e Galáxia Perdida, onde os heróis são algo além do "temos que salvar essas pessoas", são pessoas reais como eu e você com problemas, passados, fantasmas e isso se afasta muito das temporadas produzidas pela Saban depois que ela readquiriu os direitos da franquia pela Disney. Talvez a temporada adaptada que mais chegue perto disso seja Samurai, ou seja, estamos falando de uma temporada de 2012.

Fora os personagens, muitos padrões de Super Sentai/Power Rangers são quebrados aqui. Não existem poses exageradas com explosões ao fundo, a ambientação geral lembra SPD, já que, além de ser uma agência governamental, existem episódios com sessões de investigação e espionagem, os combates são misturados (ou seja, em um número considerável de episódios, não temos unicamente batalhas em terra e ) e a sequência de morfagem acontece em tempo real, abordagem presente em quase 100% dos episódios, como você pode ver no vídeo abaixo:


Estamos diante de uma temporada não-convencional. E o principal desafio do roteiro é dar sentido ao material (porque é inviável e custoso fazer episódios 100% americano), para que cenas japonesas possam fazer sentido na adaptação. São pontos assim que diferenciam Super Sentais de Power Rangers. PR possui um universo compartilhado com uma linha de lógica e transgressão de eventos de temporadas anteriores que devem ser considerados, enquanto cada SS possui seu próprio universo fechado, com pouca ou nenhuma conexão com a equipe anterior ou de sei lá quantos anos atrás.

Além disso, estamos falando de um número menor de tempo de tela que pode ser diretamente adicionado, ou seja, sem pouca ou nenhuma edição além do voice-acting (sobreposição das vozes dos atores japoneses quando morfados), o que acarreta em mais custos para filmar cenas originais americanas (espero que o orçamento seja grande).

Conhecimento propriamente dito

Existem pouquíssimas informações oficiais a respeito da nova equipe, mas maiores informações serão reveladas durante a Power Morphicon, que acontecerá entres os dias 17 e 19 desse mês. No momento, podemos contar com a sinopse da temporada que foi divulgada lá em fevereiro e peças de divulgação anunciadas recentemente para termos uma pequena noção do que está por vir.

Comecemos pela sinopse:
"Ambientada no futuro, uma agência secreta combina uma substância recém-descoberta chamada "Morph-X" com DNA animal para criar a equipe dos Power Rangers Beast Morphers. Os Rangers devem enfrentar um maléfico vírus de computador consciente que tomou conta a Rede de Morfagem, a fonte de poder geral dos Rangers. Com uniformes de couro nunca antes vistos e um arsenal tematizado (incluindo novos Zords dinâmicos), fãs devem se preparar para uma temporada cheia de operações secretas e diversão morfenomenal."
O que já chama a atenção para quem conhece a franquia é que o vilão é um vírus de computador. Em RPM, a última temporada sob o comando da Disney, o vilão Venjix também é um vírus de computador e também se passa no futuro. Continuação de RPM? Talvez, até porque RPM terminou com um cliffhanger: Venjix de alguma forma sobreviveu ao último ataque e agora reside DENTRO DOS MORFADORES DA EQUIPE QUE ESTÃO LIGADOS COM A REDE DE MORAFGEM. É uma continuação lógica que é tão óbvia que poderia dar muito certo e seria meu sonho como fã ver uma continuação de uma das melhores se não a melhor temporada da franquia.

Tirando as palavras da minha boca.
Fonte: Mega Power Brasil

Mas temos que lembrar que o universo de RPM, depois da Saban recomprar os direitos, é tratado como um universo paralelo, como é visto em A Batalha dos Rangers Vermelhos em Samurai e No Banco do Motorista em Super Megaforce. Se pegar esse cenário de continuidade, os roteiristas precisariam ser bem criativos sobre como conectar os dois universos da franquia, o que dificil, e muito provavelmente, não vai acontecer.

Zords dinâmicos se refere ao fato de que os robôs gigantes de Go-Busters (chamados de Buster Machines) facilmente alternarem entre modo veículo e modo animal (carro e guepardo/chita para o vermelho, caminão e gorila para o azul, coelho e helicóptero para a amarela). O vermelho ainda tem um modo extra que é um Megazord solo chamado de Ace, como o Tigre Zord do Tommy como Ranger Branco na segunda temporada de Mighty Morphin. Confira um vídeo:



E, se você ver o vídeo, existem essas torres no meio da cidade. Em Go-Busters, existe uma fonte renovável de energia chamada Enetron que é distribuída por toda a nação. O objeitvo de Enter e Messiah (os vilões da temporada) é coletar Enetron para invadir o mundo real porque, 13 anos atrás, em um ato de desespero para que Messiah não invadisse o mundo, o centro de pesquisa de Enetron foi enviado para o hiperespaço, exceto Hiromu, Ryuji e Yoko, os três rangers da temporada. Dar sentido a elas é um ponto crucial para o roteiro funcionar, porque elas são parte da motivação dos vilões.

Merchan

Como eu disse anteriormente, no começo dessa semana, tivemos a divulgação de um calendário de 2019 de Beast Morphers que mostram alguns detalhes interessantes. A partir da imagem abaixo, Junho, Julho e Agosto destacam Smash, Cruise e Jax, o possível nome dos BeastBots, os respectivos robôs parceiros dos rangers Azul, Vermelho e Amarela, além das frases Activate Beast Power (Maio), Release the Beast (Novembro) e o muito conhecido e usado It's Morphin Time (Dezembro). Provavelmente são as frases de efeito de invocação dos Zords e da morfagem em sí.


Novamente, nada disso foi oficialmente confirmado. O jeito é esperar pela Power Morphicon, que, lembrando novamente, será entre os dias 17 e 19 desse mês. De certeza, teremos a revelação do trio inicial da temporada e, quem sabe, os dois rangers extras e um trailer da temporada. Eu como fã estou bem esperançoso para o que está vindo. Vai ser um bom começo para a agora chamada Era Hasbro dos heróis de roupas coladas e cores brilhantes.
Gian Luca escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook