Cinema

Crítica: A Festa de Formatura – Ryan Murphy entregando histórias que amamos

A Festa de Formatura produção de Ryan Murphy pra Netflix com Meryl Streep, James Corden, Nicole Kidman, Keegan-Michael Key e Kerry Washington











Sexta-feira 11 de novembro entrou no catálogo da Netflix o filme A Festa de Formatura de Ryan Murphy, produção com Meryl Streep, James Corden, Nicole Kidman, Keegan-Michael Key, Kerry Washington e grande elenco. Um musical com muita cor, coreografias repletas de piruetas e temática LGBTQI+, marca registrada no trabalho de Ryan. Para quem é fã de Glee o longa apresenta todas as fórmulas de sucesso da série que deixou saudades.

Sinopse

Um grupo de estrelas decadentes da Broadway agita a vida de uma cidadezinha do interior ao ajudar uma garota proibida de levar a namorada à festa de formatura.

Em A Festa de Formatura temos a população de Edgewater que decidiu cancelar o baile de formatura para evitar que uma aluna levasse a namorada, pois, não querem que os filhos sejam expostos a esse tipo de comportamento que vai contra a moral e bons costumes. No entanto, trair, enriquecer através das ofertas na igreja, não pagar pensão alimentícia aos filhos, abandonar pais em asilos, entre outras coisas que a família tradicional faz não tem problema nenhum. Quando esse povo vai aprender que o exemplo começa em casa? Ocorre que, é mais fácil culpar os outros pelos próprios fracassos, do que fazer a coisa certa.



Quem salvou a vida de quem?

Ao desembarcarem em Indiana Dee Dee, Angie, Barry e Trent estavam ali para se aproveitar da situação e promover as próprias carreiras. Contudo, ao conhecer Emma, Jo Ellen Pellman, são confrontados pelo passado e obrigados a fazer um balanço da própria vida. Ainda que tenham consciência de que não são pessoas boas, o quarteto tem a oportunidade de começar a tomar decisões melhores. Mas será que a perfeição existe? Ou o que existe são pessoas fazendo o seu melhor para encontrar a sua melhor versão? Prefiro acreditar na segunda opção.

Todo esse espetáculo de intolerância é liberado por Mrs. Greene, Kerry Washington, a mãe que faz de tudo para que sua filha, Ariana DeBose, se destaque dos demais, exigindo nada menos que 11. Sufocando a garota no processo, ao impor padrões impossíveis de serem alcançados. Aliás, os defensores da moral e bons costumes criam regras tão absurdas, que a gente se vê defendendo ator fracassado que só quer aparecer não importa como e nem em quem vai pisar durante a jornada. Quando o mundo ficou tão louco?













Sobre expectativas e respeito

Apesar da temática LGBTQI+ acredito que a reflexão mais significativa do filme é sobre intolerância religiosa. Afinal, as igrejas que deveriam ser templos de acolhimento e fraternidade, se tornaram a espada justiceira das galáxias decidindo quem merece ou não entrar no céu. Às vezes, parece que ainda estamos vivendo na Idade Média sob os domínios da Inquisição. Entretanto, estamos em 2020 e ainda julgamos o outro ao invés de respeitar como Jesus ensinou. Tem uma cena onde Trend, Andrew Rannells, explica bem essa maneira deturpada de enxergar o mundo. A propósito, minha favorita do filme.

Toda escola precisa ter um professor bem-intencionado que tenta fazer a diferença, e fico grata todos os dias por isso. O que seria de nossa vida escolar se não existissem os Will’s. Ops! Mrs. Hawkins, Keegan-Michael Key, para nos inspirar. Todavia, a personalidade sonhadora de Hawkins o levou a criar uma imagem idealizada de Dee Dee, Meryl Streep, o que é tão perigoso quanto a intolerância, uma vez que a pessoa espera do outro mais do que ele pode oferecer, e sabemos que em alguns casos isso é conquistado a força.

Enfim, A Festa de Formatura é uma história que apresenta muitas reflexões, sobre aceitação, religião, amor, egoísmo e, além disso, tem a maravilhosa da Meryl Streep cantando e dançando. Um filme para ser assistido durante as ceias de final de ano, logo depois que aquele tio chato tomou a terceira taça de cidra e começou a cantar as músicas do Wando. Mais um acerto de Ryan Murphy.












Ficha técnica

Título: A Festa de Formatura

Título original: The Prom

País: EUA

Data de estreia: 11 de dezembro de 2020

Gênero: Musical, Comédia

Duração: 131 minutos

Distribuidora: Netflix

Direção: Ryan Murphy

Elenco: Meryl Streep, James Corden, Nicole Kidman, Keegan-Michael Key, Kerry Washington, Andrew Rannells , Jo Ellen Pellman, Ariana DeBose, Kevin Chamberlim, Nathaniel J. Potvin, Nico Greetham, Logan Riley Hassel, Tracey Ullman e Sofia Deler


Kika Ernane, Karina no RG, e sou multitarefa (designer, ilustradora, redatora, escritora e na caça de mais uma habilidade). Uma mulher como muitas da minha época, que ainda não descobriram como aproveitar a liberdade que lutaram tanto para conseguir. Muito menos administrar todas as tecnologias disponíveis. Enfim, estou sempre aprendendo.


Disqus
Facebook
Google