Séries & TV

Notícia: Powerpuff Girls (As Meninas Superpoderosas) terá que refilmar piloto

CW ficou insatisfeito com piloto da série live action das Meninas Super Poderosas e solicita refilmagem



Após assistir ao piloto original da série live action das Meninas Super Poderosas, Powerpuff Girls, a CW optou por solicitar que o episódio inicial seja refeito.
Conforme nos dissemos aqui no site, o canal CW está produzindo uma série live action de Meninas Super Poderosas.

Fontes disseram a vários sites internacionais que o piloto de Powerpuff terá de ser refilmado e, portanto, ficará fora das estreias de outono de 2021.

Entretanto, isso não significa que a série foi cancelada. Pelo contrário, terá mais uma chance de impressionar os executivos para tentar não ser descartada pela emissora e ter uma temporada encomendada.

As chances da série são boas, visto que o presidente do canal, Channing Dungey, chegou a elogiar a escolha do elenco.
 “Temos um trio incrível de atrizes principais. Não vou dizer que não tem sido desafiador. É um uma linha tênue para se caminhar o processo de trazer um desenho infantil para a vida adulta e em live-action, mas sinto que estamos fazendo um bom trabalho”.
A série trazia, ou trará ainda dependendo das mudanças, protagonistas desiludidas com o passado combatendo crimes. Na nova versão, as heroínas já são jovens de uns 20 e pouco anos que talvez, tenham que se reunir novamente, pois, agora que o mundo precisa delas.

As meninas também terão mudanças em suas personalidades: 

  • Florzinha se tornou mais ansiosa e reclusa após ter sido uma heroína e líder do grupo ainda criança. Na série, ela deve trilhar o caminho para voltar a ser destemida;
  • Lindinha, que conquistou a todos na infância com sua fofura, continua dessa forma, mas essa personalidade esconde uma sagacidade e dureza inesperadas. Na série, ela pode estar mais interessada em recuperar sua fama do que salvar o mundo. 
  • Docinho, a mais rebelde do grupo desde sempre. Na vida adulta ela tenta se distanciar da imagem de Menina Superpoderosa, para viver uma vida anônima.

O projeto conta com os nome fortes e conhecidos de Diablo Cody, roteirista de Juno e Garota Infernal, com Heather Regnier, produtora de iZombie e do revival de Vernica Mars. Greg Berlanti (do Arrowverse), Sarah Schechter e David Madden também servem à produção executiva.

Não há previsão de estreia para a série live-action de As Meninas Superpoderosas.


Fonte: TV line

Pesquisadora em Têxtil e Moda; cinéfila; Potterhead e lufana. Adora escrever e dar dicas sobre seus filmes favoritos. Amante de boas histórias e personagens femininas que se impõe. Queria ter os poderes da Jean Grey, mas é apaixonada pela Jasmine. Nas horas vagas escreve sobre seus hobbies.


Disqus
Facebook
Google