Cinema

Critica: Minha Fama De Mau que traz nostalgia da era de ouro da jovem guarda e do rock brasileiro

Filme conta a história do rebelde Erasmo Carlos.


Minha Fama de Mau traz a história de um jovem Erasmo Carlos (Chay Suede) que alimenta uma paixão: o rock and roll. Fã de Elvis Presley, Bill Halley & The Comets e Chuck Berry, ele aprende a tocar violão e passa a perseguir a ideia de viver da música. Misturando talento e um pouco de sorte, ele conquista a admiração do apresentador de TV Carlos Imperial, um cara influente no meio artístico, e através dele conhece o cantor Roberto Carlos, com quem começa a compor diversas canções. A parceria dá muito certo e o sucesso logo chega, transformando para sempre a vida de Erasmo.


Critica



A maioria das cinebiografias de um artista sempre segue a mesma formula, e em Minha Fama De Mau  não é diferente. No começo vemos um jovem sonhador que acredita 100% nos seus sonhos e depois de chegar em seu auge começa a declinar até fazer sua volta triunfal.

O filme não tem nenhuma renovação em roteiro nem em fotografia, isso é normal em cinebiografias, mas ele se destaca pelo o ambiente e época onde ele se passa. No começo dos anos 60 a juventude brasileira não queria mais ouvir a já velha Bossa Nova, mas sim músicas que lembrassem os rock dos EUA e da invasão britânica. Na história vemos muito isso dessa rebeldia e agressividade.

Como uma boa história de herói sempre temos que ter um vilão, e no filme justamente são os críticos e artistas mais contemporâneos  que criticavam e colocavam a música de Erasmo muito a baixo do que ela realmente era. O filme pega bastante no pé na questão "O Novo sempre é Pior que o Velho" e isso diferencia o filme, pois realmente vemos o quanto Erasmo, Roberto e Tim Maia sofreram para chegar no sucesso. 


Elenco 





Sim o elenco está bom e ganham muito mais prestígio ao saber que eles realmente cantam no filme, o que faz uma diferença e você acredita nos personagens

Chay Suede traz um Erasmo até que bem comportado (Nas palavras do Próprio Erasmo Carlos), porém criando um personagem cheio de sonhos e com uma postura quase de super herói.

O elenco coadjuvante também está muito bom com enfase em Gabriel Leone como Roberto Carlos e Malu Rodrigues como Wanderléa , juntos eles dão um drama e peso para a história na medida certa.

Conclusão

Você verá um filme normal com as mesma pegadas de outras cinebiografias, o que diferencia é a abordagem moderna de alguns temas que nunca vimos nesses filmes. O elenco está bom e te fará cantar e até quando mesmo você sair do cinema, pois é isso que um filme de música tem que fazer e "MInha Fama de Mau" Faz muito bem.


Ficha Técnica 

Nome: Minha Fama de Mau
País: Brasil
Data de estréia: 14 de fevereiro de 2019
Gênero: Biografia, drama, Musical
DistribuidoraDowntown Filmes
Direção: Lui Faria
Elenco: Chay Suede, Gabriel Leone, Malu Rodrigues, Isabela Garcia, Bruno De Luca, Bianca Comparato, João Vitor Silva
Murilo Barroso escreve para o GeekBlast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.
Este texto não representa a opinião do GeekBlast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Facebook